Amazonas Destaque

Wilson Lima anuncia novos investimentos para infraestrutura de Lábrea e Nova Olinda do Norte

Wilson Lima Lábrea Nova Olinda do Norte Governo do Amazonas SEINFRA
Foto: Diego Peres/Secom
Escrito por Zukka Brasil | AM

O governador Wilson Lima anunciou, nesta quinta-feira (23/09), novas obras em infraestrutura para os municípios de Lábrea e Nova Olinda do Norte (a 702 e 135 quilômetros, respectivamente, de Manaus). Os projetos são investimentos do Estado em cumprimento de emendas parlamentares com contrapartida das prefeituras municipais. Os convênios foram assinados com os prefeitos Gean Barros, de Lábrea, e Adenilson Reis, de Nova Olinda do Norte.

Com coordenação da Secretaria de Estado de Infraestrutura e da Região Metropolitana de Manaus (Seinfra), os convênios fazem parte do plano +Infraestrura, um pacote de novas obras com recursos de mais de R$ 1 bilhão para execução de projetos em todo Amazonas.

Lábrea – Em Lábrea, o convênio é para a construção da nova Praça Coronel Labre, na área central do município. São R$ 2,2 milhões destinados ao projeto, sendo R$ 2 milhões repassados pelo Governo do Amazonas em cumprimento de emenda parlamentar do deputado estadual Adjuto Afonso e os outros R$ 252 mil da Prefeitura de Lábrea, segundo o prefeito Gean Barros.

O espaço vai propiciar a prática de atividades físicas. Além disso, a quadra coberta receberá pintura e nova cobertura metálica. Serão construídos pontos de espera para usuários do serviço de táxi e mototáxi e quiosques de alimentação e artesanato. O espaço receberá paisagismo e outros reparos em sua estrutura.

Nova Olinda do Norte – Em cumprimento a emenda do deputado Fausto Jr. e da deputada Therezinha Ruiz, o Governo do Amazonas vai destinar R$ 800 mil para implantação de sistema de iluminação pública em LED de Nova Olinda do Norte. A prefeitura destinará outros R$ 30 mil para o projeto, segundo o prefeito Adenilson Reis. O investimento total é de R$ 830 mil.

Serão atendidas 31 ruas nos bairros Santa Luzia, Centro e Nossa Senhora de Fátima. A implantação do sistema vai auxiliar na segurança pública ao reduzir a violência e viabilizar condições de tráfego adequadas.