Mundo

Vacinas AstraZeneca e Pfizer são eficazes contra variante P1, diz estudos

Vacina Covid-19 | Foto: Internet
Vacina Covid-19 | Foto: Internet
Zukka Brasil
Escrito por Zukka Brasil

Um estudo preliminar feito por pesquisadores brasileiros e da Universidade de Oxford aponta que as vacinas desenvolvidas pela instituição e pela Pfizer são eficazes contra a variante brasileira do coronavírus identificada pela primeira vez em Manaus, a P.1. 

Embora a pesquisa ainda não tenha sido revisada por outros cientistas nem publicada em revista, ela está disponível on-line. De acordo com o estudo, a P.1 foi menos resistente às duas vacinas do que a variante identificada pela primeira vez na África do Sul, a B.1351, que também já circula no Brasil. A P.1 também demonstrou menor resistência aos anticorpos surgidos depois de uma infecção natural pelo coronavírus.

A pesquisa alerta, entretanto, que os resultados apontam que a variante da África do Sul é a que gera mais preocupação, por causar a maior redução na capacidade de neutralização pelo sistema de defesa. Em alguns casos, o sistema imune chegou a falhar completamente contra ela.

Com informação do G1.