Destaque Saúde | AM

VACINA MANAUS: Centro de Convenções Vasco Vasques será ponto de vacinação nesta quarta (23)

Centro de Convenções Vasco Vasques
Foto: João Viana
Escrito por Zukka Brasil | AM

A campanha municipal de vacinação contra a Covid-19 segue nesta quarta-feira, 23/6, com um ponto a mais para o atendimento da população. Além dos seis pontos já em atividade, o Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques, zona Centro-Sul, vai estar aberto das 9h às 16h, para receber os usuários.

A unidade vai operar apenas como ponto para pedestres, enquanto o Centro de Convenções de Manaus, o “sambódromo”, vai funcionar somente na modalidade drive-thru.

A medida, conforme a titular da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Shádia Fraxe, tem o objetivo de oferecer mais conforto à população que tem a zona Oeste como região de preferência para se vacinar.

“A procura pelo sambódromo foi muito grande nesta terça-feira e, seguindo a orientação do prefeito David Almeida, solicitamos ao governo do Amazonas apoio para a utilização do Vasco Vasques, de forma a ampliar a capacidade de atendimento, centralizando no sambódromo a vacinação das pessoas que vão de carro, e no Vasco Vasques, a de pedestres”, explica a secretária.

O novo ponto terá 24 estações de trabalho, com capacidade para atender cerca de 3,3 mil pessoas no período de funcionamento. Nesta terça-feira, nos seis pontos de vacinação, incluindo o da Escola de Enfermagem, na zona Centro-Sul, que é exclusivo para a segunda dose de CoronaVac, foram aplicadas 14,5 mil doses de vacina.

Shádia ressalta que a coordenação da campanha precisou reduzir temporariamente o número de postos de vacinação por conta das especificidades da Pfizer, imunizante que está sendo utilizado no momento. “É um imunobiológico que requer ambientes mais controlados, onde seja possível manter a vacina nos limites adequados de temperatura, por isso, fechamos temporariamente os pontos da Unip, do Coema e do Sesc, onde o calor é mais intenso”.

Públicos

Serão atendidos nesta quarta-feira, 23, as pessoas de 34 anos ou mais, as gestantes, puérperas e os trabalhadores da Forças Armadas e das Forças de Segurança e Salvamento (com nomes incluídos nas listas oficiais encaminhadas à Semsa). Além disso, continuam a ser oferecidas às segundas doses de CoronaVac (apenas na Escola de Enfermagem) e as segundas doses de AstraZeneca, oferecidas nos demais pontos.

Na hora da vacinação é necessário apresentar documento de identidade original com foto, CPF e comprovante de residência (original e cópia). No caso dos militares, deve ser apresentada a identidade militar e o CPF. Para as gestantes, além de identidade e CPF, é exigido documento que comprove a gravidez (exame de sangue, ultrassonografia ou caderneta da estante) e para as puérperas (com até 45 dias de pós-parto), declaração de nascido vivo ou certidão de nascimento da criança.

Shádia Fraxe destaca a importância do cadastro no Imuniza Manaus, de modo a agilizar o atendimento.

“O tempo na etapa de registro do usuário é bem menor se ele já fez o cadastro no Imuniza”, afirma.

Para fazer o cadastro, basta acessar a plataforma por meio do endereço https://imuniza.manaus.am.gov.br, escolher a opção ‘Cadastro do Cidadão’ e fornecer os dados solicitados.