Educação | AM

UEA segue com atividades 100% suspensas

Em reunião extraordinária realizada nesta sexta-feira (15/01), o Conselho Universitário da Universidade do Estado do Amazonas (Consuniv/UEA) decidiu manter suspensas as atividades administrativas e acadêmicas até o dia 2 de maio de 2021, devido ao atual cenário da pandemia no estado e o risco elevado de contágio de Covid-19.

O Conselho aprovou, por unanimidade, a alteração do calendário acadêmico 2020/2022. Ficou decidido que o início do semestre 2020/02 será no dia 03 de maio, mantendo as atividades digitais e eventualmente também por meio presencial, levando em consideração o cenário da pandemia que será novamente avaliado pelo Grupo de Gestão do Plano de Contingência da UEA diante da Pandemia Sars-CoV-2 – Covid-19 (GG-UEA Covid-19).

Vestibular e SIS 2020, acesso 2021

Outra mudança aprovada pelo Consuniv foi a data dos exames do Vestibular e do Sistema de Ingresso Seriado 2020, acesso 2021. As provas serão aplicadas nos dias 30 e 31 de maio e 1º de junho de 2021, com divulgação do resultado final no dia 2 de agosto.

O Conselho aprovou também por unanimidade a antecipação de colação de grau de alunos finalistas dos cursos de Enfermagem, Medicina e Odontologia, para atender a demanda de profissionais de saúde no combate à pandemia, além da nova data para as eleições de coordenadores de cursos e diretores das unidades da UEA na capital e no interior.

O reitor da UEA, Cleinaldo de Almeida Costa, destaca que diariamente a Gestão Superior tem trabalhado com dados em conjunto com profissionais da instituição, dos setores de Virologia, de Estatística e da Matemática, que estão alimentando diariamente a gestão com dados acerca da pandemia.

“O nosso objetivo desde o início é salvar vidas em primeiro lugar, reduzir danos e preservar calendário. Estamos nos adequando ao desenho de curva da pandemia, com um comportamento fluido nosso. Não existe qualquer organização humana sem planejamento e estratégia, qualquer organismo humano precisa desses dois componentes. Estamos trabalhando hoje à medida da necessidade, adequando o nosso calendário às fases da pandemia”, salientou.

Na oportunidade, Cleinaldo enfatizou que a UEA manterá um calendário adicional de reuniões extraordinárias do Conselho Universitário a cada 30 dias, que também podem ser antecipadas a qualquer momento para uma possível flexibilidade e antecipação das atividades acadêmicas, à medida do comportamento da curva da pandemia. A próxima reunião está marcada para o dia 19 de fevereiro.

“Vamos nos manter em contato permanente, num fórum permanente de decisões, até o início do semestre. Nada impede que antecipemos o calendário acadêmico caso se modifique o cenário epidemiológico. Vamos curvar nossa rota conforme a pandemia, não vamos deixar a onda quebrar em cima de nós. Num cenário em que não há a menor possibilidade de defesa, a principal defesa é o isolamento social e o teletrabalho”, declarou.

O reitor ressaltou a importância de se observarem as medidas de prevenção determinadas pelas autoridades de saúde entre a comunidade acadêmica e a população como um todo.

“Reforçamos a orientação: ‘Fique em casa!’ e respeite a determinação de não sair às ruas desnecessariamente”, assinalou ele. “Temos a certeza de que com união, confiança, planejamento e cuidado coletivo, venceremos de novo. A UEA e o Amazonas sairão mais fortes após essa terrível provação coletiva”.