fbpx
Educação

UEA forma 900 professores de Língua Portuguesa no interior

UEA
Redação
Escrito por Redação

UEA – Um marco na política de interiorização para a educação no Amazonas ocorreu na noite desta quinta-feira (07/11).

Mais de 900 pessoas realizaram a outorga de grau do curso de Licenciatura em Letras – Língua Portuguesa da Universidade do Estado do Amazonas (UEA). O curso foi ofertado na Modalidade Modular Presencial Mediado por Tecnologia (IPTV) para 30 municípios do Amazonas.

As aulas foram produzidas e realizadas no Centro de Mídias da UEA, com transmissão simultânea e interação com os municípios. Durante o curso, a UEA realizou o Processo Seletivo Simplificado (PSS) de seleção e contratação de 30 professores assistentes (tutores) para o acompanhamento das turmas.

A pró-reitora de Interiorização da UEA, Samara Menezes, destaca a oportunidade que a UEA leva para a formação básica no Amazonas. “Dizer que 50% do Amazonas tem profissionais graduados e aptos para atuar na educação básica como a Licenciatura em Letras é gratificante para a UEA. Falar em marco histórico é isso. Como tantos outros cursos que a UEA já ofereceu em quantidade e em qualidade, acima de tudo”, observou.

O curso especial já conseguiu grandes conquistas. Obteve nota 4 na avaliação do Conselho Estadual de Educação. “Conseguimos essa vitória junto com uma grande equipe, digo que é um ‘exército pedagógico’ trabalhando nesse projeto para levar um curso de qualidade aos 30 municípios. Foi um esforço coletivo, dos professores, coordenação, equipe administrativa, equipe da Proint para que o curso tivesse esse êxito”, salientou.

Outro cenário positivo que o curso já oportunizou aos recém-formados é a aprovação em concursos públicos. “É uma resposta para educação no Amazonas. Muitos já prestaram também o processo seletivo para o mestrado para dar continuidade em nível de pós-graduação. Nesta oportunidade, agradeço também aos outros coordenadores do curso, Sebastião Reis e Elaine Pereira Andreatta, além do secretário do curso, Cesar Augusto Borges”, avalia a coordenadora geral do Curso de Letras da Modalidade Modular Presencial Mediado por Tecnologia (IPTV), Silvana Andrade Martins.

Para o reitor da UEA, Cleinaldo Costa, é um momento de muita comemoração e orgulho para os novos profissionais. “Nos 18 anos da UEA, entregar para a sociedade pessoas capacitadas para o mercado de trabalho e para a sociedade é de suma importância para a educação e o desenvolvimento de nosso estado”, pontuou.

A recém-formada no curso do município de Careiro Castanho, Ana Laura Dantas Reis, avalia que o curso foi uma realização de um sonho. “Abriu-se um leque não só para mim, mas para todos nós formandos. Realizar um curso em nosso município e contribuir para o desenvolvimento cultura da minha cidade é gratificante. A profissão de Professora é gratificante para minha família e para mim. Pois estou dando continuidade a uma tradição”, disse emocionada.

Municípios beneficiados – O Curso de Licenciatura em Letras – Língua Portuguesa, de oferta especial, foi oferecido no Vestibular de 2014 e iniciado em 2015 para seguintes municípios: Anori, Apuí, Autazes, Barcelos, Barreirinha, Beruri, Borba, Boa Vista do Ramos, Careiro Castanho, Envira, Fonte Boa, Ipixuna, Iranduba, Itamarati, Itapiranga, Japurá, Juruá, Jutaí, Lábrea, Manacapuru, Maraã, Nhamundá, Nova Olinda do Norte, Novo Aripuanã, Santo Antônio do Içá, São Gabriel da Cachoeira, São Paulo de Olivença, São Sebastião do Uatumã, Tapauá e Urucará.