Amazonas Destaque

TCE quer exoneração de secretários da SES-Am e SEMSA

Presidente-conselheiro Mario de Mello | TCE/AM | Foto: Assessoria
Presidente-conselheiro Mario de Mello | TCE/AM | Foto: Assessoria
Zukka Brasil | AM
Escrito por Zukka Brasil | AM

O presidente do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), Mário de Mello, concedeu mais 24 horas para que os secretários de saúde do governo do estado e da prefeitura de Manaus informem a lista de pessoas vacinadas contra o coronavírus (covid-19). O prazo anterior encerrou às 14h de hoje (21).

Diante da desobediência da ordem, Mello determinou que a Secretaria de Controle Externo (Secex) do tribunal entre com uma ação para pedir a a exoneração dos secretários Marcellus Campelo (SES-AM) e Shádia Fraxe (Semsa/prefeitura).

A representação da Secex foi enviada imediatamente aos relatores de contas do governo e prefeitura, Ari Moutinho Júnior (município) e Yara dos Santos (estado) para apreciação.