ESPECIAL PUBLICITÁRIO

Startup usa gamificação para treinar call center do Hapvida sobre LGPD

Programa Explora Sistema Hapvida startup Kludo call center
Foto: divulgação/ASCOM
Escrito por Zukka Brasil | AM

O Sistema Hapvida investe constantemente em tecnologia e inovação nos seus serviços. A novidade é que a empresa iniciou, em Fortaleza (CE), um treinamento com cerca de 2 mil colaboradores do call center sobre a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

O diferencial do treinamento é que ele é aplicado utilizando metodologia de gamificação, em que a plataforma online mescla jogos criados com conteúdo sobre a LGPD, a fim de reforçar o aprendizado.

A empresa que está à frente desse treinamento e criou os jogos é a startup Kludo, uma plataforma de games para treinamentos, que foi selecionada pelo Hapvida para seu programa de aceleração de startups, o Explora. O Hapvida escolheu o call center para iniciar o projeto porque é uma área que atua diretamente com os clientes e suas informações dentro da empresa. A Kludo foi selecionada para esse trabalho porque tem uma abordagem diferencial e didática, levando informações de forma leve para um assunto tão sério quanto a LGPD.

“Entendemos que quanto mais dinâmico for o ensino, melhor é o aprendizado. E esse treinamento busca não só atender aos padrões da LGPD, mas também integrar o nosso processo de melhoria contínua de atendimento aos clientes. Desta forma, nossos colaboradores poderão transmitir informações que aprenderam de forma leve e eficiente”, ressalta Rejane Abreu, diretora de atendimento SAC/Experiência do Cliente do Sistema Hapvida.

O CEO da Kludo, Daniel Sgambatti, explica que o uso de gamificação apresenta alta eficácia no processo de aprendizagem, aumentando significativamente o engajamento dos colaboradores e a retenção de conteúdo, justamente por expor o conteúdo necessário para estudo com relaxamento mental por meio dos jogos.

Funciona também como importante ferramenta para auxiliar no foco dos usuários. Nesse sistema, conteúdo formal e jogos não são partes separadas, pois operam em conjunto. O avanço do usuário em outras etapas dos jogos tem relação também com a progressão e resultados na fase de conteúdo. Ou seja, para ser bem-sucedido nos jogos, o participante também precisa dar conta do conteúdo e questões sobre o assunto abordado, que, no caso do Hapvida, tratará da LGPD.

O Programa Explora escolheu cinco startups que têm como metas implementar ferramentas para diagnósticos, gestão e treinamento para LGPD, melhoria na gestão de saúde e bem-estar do cliente, criação de novas oportunidades a partir dos dados da empresa e implantação de um canal de comunicação e serviços de RH com os colaboradores.