Economia | AM

Selic terá redução segundo Mercado

Selic
Selic
Zukka Brasil
Escrito por Zukka Brasil

Analistas começam a ver novas reduções na Selic após o Fed cortar a taxa básica de juros em uma reunião emergencial. O Copom (Comitê de Política Monetária) do BC brasileiro, que havia sinalizado em fevereiro o fim do ciclo de afrouxamento monetário, tem o próximo encontro agendado para os dias 17 e 18 de março.

Em relatório a clientes, os economistas do Goldman Sachs avaliam que há “uma probabilidade não negligenciável de 40% de um corte de 0,25 ponto já na reunião de 18 de março”.

A expectativa do banco americano é de que a Selic encerre o ano a 3,75% diante de um cenário de menor crescimento econômico. O Goldman Sachs também reduziu sua projeção para o crescimento do PIB brasileiro, de 2,2% para 1,5% em 2020.

Ernani Reis, analista da Capital Research, destaca que o avanço da doença também no Brasil faz com que as apostas para um novo corte de 0,25 ponto percentual na Selic ganhem força.

“Neste momento, a probabilidade de tal redução acontecer na próxima reunião do Copom subiu para 45%, segundo consta implicitamente na curva de juros.”