Roraima

Segunda etapa de vacinação contra febre aftosa começa em 1º de outubro

Segunda etapa de vacinação contra febre aftosa. Foto: Divulgação
Zukka Brasil | RR
Escrito por Zukka Brasil | RR

Com a meta de vacinar aproximadamente 330 mil animais de 0 a 24 meses, começa na próxima quinta-feira, 1º de outubro, a segunda etapa de vacinação contra a febre aftosa. A campanha encerra no dia 31 de outubro.

O Governo de Roraima, por meio da Aderr (Agência de Defesa Agropecuária), suspendeu o evento de lançamento para evitar a aglomeração de pessoas, seguindo as recomendações do MS (Ministério da Saúde) e da Sesau (Secretaria de Saúde) para evitar a contaminação pelo novo Coronavírus (COVID-19).

Após vacinar seu rebanho, o produtor rural precisa apresentar a nota fiscal de compra da vacina em qualquer unidade da Aderr. Já os produtores que têm acesso ao sistema Sigaderr podem fazer o registro da vacinação no conforto de sua casa.

Com o objetivo de atingir o maior número possível de animais vacinados, dentro do previsto nesta campanha, o presidente da Aderr, Roberto Bueno, disse que o órgão mobilizará sua equipe para acompanhar de perto todas as ações que serão trabalhadas.

“O objetivo é imunizar todo o rebanho. A gente trabalha com índices acima 97%, mas o ideal é acima de 98%. Para isso, vamos dar atenção à vacinação estratégica, às propriedades que ficaram inadimplentes em campanhas anteriores, dando uma visibilidade à Agulha Oficial nas comunidades indígenas, que é realizada com as equipes de técnicos da SFA-MAPA, Aderr e apoio da Funai”, ressaltou o presidente.

Notificação evita multa

Segundo o responsável pelo Pnefa (Programa Nacional de Vigilância de Febre Aftosa), Marcos Duarte, é muito importante que o produtor comunique a vacinação à Aderr o quanto antes, evitando multa. A notificação deve ser feita até o dia 15 de novembro, apresentando nota fiscal da vacina com os dados do rebanho, incluindo sexo e idade dos animais.

Ainda conforme Duarte, a vacinação contra febre aftosa é um item fundamental a ser cumprido no Phefa 2017-2026 (Plano Estratégico Brasileiro para Retirada da Vacinação 2017-2026). Neste plano, por conta da pandemia, a retirada da vacinação no Estado de Roraima pode ter alteração.

AGULHA OFICIAL – A Agulha Oficial começa no dia 1º de outubro e segue até o dia 15 de novembro. Nesta etapa, diferentemente da anterior, realizada em abril, a vacinação volta ao seu formato tradicional com os trabalhos sendo realizados pelos técnicos da Aderr. É uma ação onde a vacina é doada pelo serviço oficial de Roraima. Ela é realizada pelo Governo do Estado, por meio da Aderr, SFA-MAPA e Funai no rebanho presente em áreas indígenas.