Política | RR

Quase R$ 1 Bi, de indicios de irregularidas nas eleições de 2020 em Roraima

Camara de Boa Vista . Imagem Internet
Zukka Brasil | RR
Escrito por Zukka Brasil | RR

A votação do orçamento 2021 para a capital Boa Vista foi adiada pela segunda vez nesta quarta-feira (23) devido à falta de quórum na Câmara Municipal de Boa Vista. Apenas sete dos 21 vereadores compareceram na sessão.

Compareceram na sessão ordinária desta quarta os vereadores Mauricélio Fernandes, que é presidente da Câmara, Júlio Medeiros, Albuquerque, Idázio Chagas, Zélio Mota, Wagner Feitosa e Manoel Neves.

A assessoria da Casa informou que esta foi a terceira sessão consecutiva prejudicada pela falta de quórum. A próxima sessão deve ocorrer no dia 29 de dezembro. Após a votação, os parlamentares entrem em recesso.

O projeto da Lei Orçamentária Anual para (LOA 2021), de autoria da prefeitura, prevê R$ 1.419.992.227,00 de gastos para o município no ano que vem. O texto é de setembro deste ano.

Para o presidente da Câmara, os 14 vereadores faltosos descumprem um dos deveres fundamentais de quem representa a população no Legislativo Municipal.

“Espero que os vereadores tenham o devido respeito e compromisso com a população que os elegeram e venham na próxima sessão para votar o orçamento. É uma obrigação de todo vereador eleito ou reeleito. Podem discordar do orçamento mas eles têm o dever de discutir e votar”, disse Fernandes.

Com informações de  G1