Roraima

Quarta etapa das obras de saneamento básico atenderá mais de 100 mil pessoas

Caer avança na cobertura de esgotamento sanitário na capital 3
Caer avança na cobertura de esgotamento sanitário na capital . Foto: CAER/ Ascom
Zukka Brasil | RR
Escrito por Zukka Brasil | RR

CAER, obra executada pelo Governo do Estado, por meio da Seinf (Secretaria de infraestrutura), e que será administrada pela Caer (Companhia de Águas e Esgotos de Roraima).

Nesta etapa, serão entregues as EEEs (Estações Elevatórias de Esgoto) dos bairros Nova Canaã, União, Brigadeiro e Way Grande, que atenderão aos bairros Centenário, Jóquei Clube, Olímpico, parte do Bairro Nova Canaã e do Cambará, Caimbé, Pintolândia e parte do Dr. Sílvio Leite.

A quarta etapa foi orçada em R$ 135 milhões e sua execução foi possível via convênio com o Ministério das Cidades. O governador Antonio Denarium disse que sua gestão tem o compromisso de melhorar a qualidade de vida da população e que saneamento é saúde.

“Investir em saneamento básico é investir em saúde. Só essa obra, que é a quarta etapa, vai beneficiar mais de 100 mil moradores de oito bairros da zona oeste e, ao concluir, deixará a capital Boa Vista com cobertura de 90% de esgotamento sanitário. É um avanço para a saúde da nossa população”, disse Denarium.

O presidente da Caer, James Serrador, lembrou que a capital roraimense está classificada como a primeira da Região Norte no critério nacional de cobertura no saneamento básico e reforçou a importância do serviço para a saúde da população.

“É uma questão de saúde pública e o Estado está investindo no saneamento básico para os usuários usufruírem desse serviço. Até porque, uma vez gerenciando o sistema, a tarifa será cobrada sobre o consumo de água, por se tratar de norma legal pela prestação do serviço”, afirmou o presidente da Caer, James Serrador.

Ampliação da rede de esgoto

Em 2008, Boa Vista possuía 259km de rede de esgoto, atendendo 6.267 de ligações domiciliares. Em 2019, essa realidade mudou com a conclusão da 5ª etapa da obra de ampliação do sistema de esgotamento sanitário no mês de setembro. A capital passou a dispor de 42 Estações Elevatórias de Esgoto e uma Estação de Tratamento de Esgoto, contabilizando 59.694 ligações ativas.

Em Boa Vista existem 11.977 situações factíveis, ou seja, tem rede na rua, mas não ligação por parte do usuário. Para estes casos, a diretoria da Empresa orienta que os moradores façam a interligação para usufruir do sistema pois, uma vez disponível para uso, a tarifa será cobrada conforme a Lei 1.182/2017. Para 2021, o Governo de Roraima estuda a possibilidade de apresentar o projeto da 6ª etapa, o que deixará 100% da capital com atendimento da rede de esgotamento sanitário.