Amazonas

Programa de Eletrificação Rural: Amazonas Energia inicia obra para comunidades de Manacapuru

Amazonas Energia BR-174
Foto: Ascom
Escrito por Zukka Brasil | AM

Dando continuidade as obras e avanços no setor elétrico no Estado, a Amazonas Energia por meio do Programa de Eletrificação Rural (antigo Luz para Todos), deu início na última sexta (20), às obras de construção de 40 quilômetros de rede elétrica nas Vilas do Tuiué e Jacaré, localizadas no município de Manacapuru.

A obra tem o investimento previsto de R$ 2,5 milhões, com previsão para conclusão e entrega da rede elétrica aos moradores das Vilas, em cerca de 120 dias. A obra está sendo financiada com recursos do Programa de Eletrificação Rural provenientes do Governo Federal, e beneficiará cerca de 5 mil pessoas em Manacapuru. Está ação está em harmonia com o valor da Amazonas Energia “foco no cliente”.

No ano de 2020, mesmo com a pandemia do coronavírus, o programa por meio da Amazonas Energia realizou a ligação de mais de 6.000 domicílios em todo o Estado. Neste mesmo ano foram realizadas 17 travessias totalizando 26 quilômetros de cabo subaquático lançado para beneficiar os municípios de Coari, Codajás, Itacoatiara, Manacapuru, Manicoré, Maués, Novo Aripuanã, Novo Airão, Parintins e Silves. Para levar energia as famílias, foram necessários 26.726 postes, 3.602 transformadores o que representa 20 MVA instalados, 5.021 quilômetros de extensão de rede, com o investimento de mais R$ 88 milhões.

Em 2021 as obras para levar energia elétrica não param, e estão em andamento nas localidades de: Amaturá, Apuí, Autazes, Barreirinha, Benjamin Constant, Borba, Canutama, Careiro, Careiro Da Várzea, Eirunepé, Envira, Fonte Boa, Guajará, Humaitá, Ipixuna, Iranduba, Itacoatiara, Itapiranga, Juruá, Jutaí, Lábrea, Manacapuru, Manaquiri, Manaus, Manicoré, Maraã, Nhamundá, Nova Olinda Do Norte, Parintins, Presidente Figueiredo, Santo Antônio Do Içá, São Gabriel Da Cachoeira, São Paulo De Olivença, Tabatinga, Tefé, Tonantins, Uarini, Codajás, Iranduba, Nhamundá, Itacoatiara,Apuí, Autazes, Itapiranga, Novo Airão, Canutama, Lábrea, Guajará, Jutaí e Nova Olinda Do Norte. Mais de 50 municípios do Estado estão sendo beneficiados, com investimento previsto para este ano, de cerca R$ 70 milhões.

No Amazonas o Programa já beneficiou mais de 135 mil domicílios, totalizando 302 mil postes, 65 mil transformadores, o que representa 355 MVA instalados, com a extensão de 30 mil km de extensão de rede na Floresta Amazônica, e o investimento de R$ 1,18 Bilhões.

O projeto e obras estão sendo coordenados pelo Departamento de Universalização do Acesso à Energia – DIL, que está construindo as redes de distribuição para atender os domicílios, reforçando e trazendo melhor qualidade de energia a população de forma a atender os indicadores de qualidade de energia estabelecidos pelo módulo 8 do PRODIST.

O Programa de Eletrificação Rural tem o objetivo de propiciar o atendimento em energia elétrica à parcela da população do meio rural que ainda não possui acesso a esse serviço público, universalizando o estado do Amazonas com o serviço de eletrificação rural, atingindo as metas de atendimento estabelecidas pelo Ministério de Minas e Energia (MME), além de garantir o acesso ao serviço público de energia elétrica aos domicílios e estabelecimentos do meio rural e melhorar a prestação de serviços à população beneficiada.