Destaque Manaus

Prefeitura de Manaus reabre restaurante popular do Parque do Idoso

Prefeitura de Manaus Restaurante Popular Parque do Idoso Semasc
Foto: João Viana
Escrito por Zukka Brasil | AM

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), reabriu, nesta terça-feira, 14/12, o restaurante popular do Parque do Idoso, localizado no bairro Nossa Senhora das Graças, zona Centro-Sul. A unidade estava fechada desde março do ano passado, por conta da suspensão das atividades do parque devido ao risco de transmissão do novo coronavírus.

Com a retomada das atividades surgiu a necessidade de reabertura do espaço, que vem reforçar o trabalho municipal no combate à fome e à insegurança alimentar na capital. Serão 300 refeições (almoço) distribuídas de segunda a sexta-feira.

“Com o avanço da vacinação estamos retomando as atividades. Sabemos que o reflexo da pandemia trouxe uma série de impactos para a população, dentre eles a questão da segurança alimentar e do aumento da pobreza e, por conta disso, a gestão do prefeito David Almeida está trazendo, neste mês de dezembro, a reabertura desse restaurante popular. Aqui, as pessoas podem almoçar pagando apenas R$ 1”, afirmou a secretária da Semasc, Jane Mara Moraes.

Para a diretora-presidente da Fundação Doutor Thomas (FDT), Martha Moutinho, a reabertura do restaurante popular auxilia nas ações realizadas no Parque do Idoso.

“É uma alegria estarmos todos juntos para reabrir as portas do restaurante popular, que é o maior elemento de promoção da qualidade de vida da terceira idade. Além de falarmos de esporte e atividades físicas, precisamos pensar também na parte nutricional e essa é uma das nossas preocupações”, afirmou.

Ao todo, a capital conta com seis Cozinhas Comunitárias, um Prato do Povo e dois restaurantes populares. Contando com os abrigos administrados pelo poder público municipal, são servidas mais de três mil refeições por dia.

“A reabertura do restaurante popular, específico para os idosos, é de enorme importância, considerando a necessidade de melhorias do estado nutricional dessa população. Vamos abrir para a comunidade no entorno do bairro, onde também temos uma população com fome e que precisamos contribuir para uma melhoria da qualidade de vida”, afirmou a subsecretária municipal de Políticas Afirmativas para as Mulheres e Direitos Humanos da Semasc, Graça Prola.

O restaurante popular é um equipamento público de alimentação e nutrição destinado à distribuição de refeições saudáveis, variadas e saborosas, vendidas a R$ 1, para garantir à população em situação de vulnerabilidade social, o direito humano à alimentação adequada.