Destaque Saúde | AM

Prefeitura de Manaus começa a vacinar gestantes e puérperas sem comorbidades

Vacinação em Manaus conta o Covid-19 para gestantes e puérperas | Foto: Marinho Ramos / Semcom
Vacinação em Manaus conta o Covid-19 para gestantes e puérperas | Foto: Marinho Ramos / Semcom
Escrito por Zukka Brasil | AM

As gestantes e puérperas que não têm comorbidades começaram a ser vacinadas contra a Covid-19, pela Prefeitura de Manaus, nesta quinta-feira, 27/5. Até as 16h deste primeiro dia, mais de mil grávidas e 400 puérperas sem condições de saúde preexistentes já haviam recebido a primeira dose de imunizante.

Para facilitar o acesso a esse público, estimado em aproximadamente 30 mil mulheres, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) definiu três pontos de vacinação abrangendo as zonas Norte, Leste e Oeste da cidade. No último dia 10, a Semsa começou a vacinar grávidas e puérperas com comorbidades.

A titular da Semsa acompanhou o início da vacinação desse grupo. No Centro de Convivência da Família Padre Pedro Vignola, na Cidade Nova, zona Norte, Shádia Fraxe orientou as gestantes e puérperas a tomarem a vacina.

“Não precisa ter medo da vacina. É importante deixar claro que a vacina é a única arma segura contra esse vírus. As reações são leves e podem ocorrer com qualquer outra vacina, e nem sempre acontecem. Eu faço um apelo para que todas as gestantes e puérperas, com ou sem comorbidades, procurem nossos postos para se vacinar, porque é uma arma segura”, orientou.

Para receber a vacina, a gestante deverá apresentar documentos que comprovem a gravidez, podendo ser exame de sangue, ultrassonografia ou caderneta da gestante, o mesmo valendo para as puérperas.

Mãe de três filhos, a dona de casa Ingrid Beatriz Braga de Andrade, de 25 anos, não tem comorbidade e teve a caçula há 36 dias. Ela agradeceu a oportunidade de ser vacinada.

“Eu estou aqui porque fui agraciada por Deus. Eu fiquei preocupada porque ainda não havia tomado a vacina. Minha sobrinha, quando viu a notícia de que iam começar a vacinação, me avisou”, contou.