Educação | AM

Prefeitura capacita educadores com o Google Classroom para melhoria de aulas remotas

“Google Sala de Aula” | Foto: Alex Pazuello/Semed
“Google Sala de Aula” | Foto: Alex Pazuello/Semed
Zukka Brasil | AM
Escrito por Zukka Brasil | AM

Educadores e coordenadores dos telecentros da Prefeitura de Manaus participaram da oficina “Google Sala de Aula” nesta terça-feira, 6/4, para buscar o aperfeiçoamento dos processos de ensino. A atividade integra o conjunto de oficinas oferecidas pela Gerência de Tecnologia Educacional (GTE) da Secretaria Municipal de Educação (Semed), que, sob a orientação do prefeito David Almeida, trabalha para capacitar os profissionais da educação para as novas tecnologias.

Com o treinamento, os professores vão poder criar salas de aula virtuais, facilitando a interação com os alunos, usando recursos básicos: editar a sala, inserir atividades, módulos, textos, vídeos, testes e outros recursos; inserir os alunos, professores e colaboradores, interagir com os alunos e disponibilizar a sala para a sua turma; além de gerir a participação de todos nas aulas e atividades propostas.

Segundo o gerente do GTE, Austonio dos Santos, a oficina surgiu a partir das necessidades relatadas por professores e coordenadoras de Telecentros por oficinas formativas sobre os aplicativos Google para ajudar no fazer pedagógico no período em que as aulas estão sendo à distância e que a forma de ensinar mudou por conta da pandemia.

“A ideia foi demonstrar o uso desse recurso e as possibilidades que podem oferecer para a educação, facilitando o contato entre alunos e professores mesmo a distância. Com esse trabalho, estamos seguindo a orientação do prefeito David Almeida de melhorar o processo de aprendizagem e ensino”, destacou o gerente.

Google Sala de Aula

O “Google Classroom” – “Google Sala de Aula” – é um serviço on-line gratuito feito especialmente para professores e alunos e funciona como sistema, que gerencia e guarda conteúdos. O seu principal objetivo é facilitar e tornar simples a criação e a distribuição de conteúdos dados pelos docentes. Além disso, a partir do “Google Sala de Aula”, os professores podem gerenciar as atividades feitas pelos alunos, avaliando suas participações nas mesmas.

Com informações de Emerson Santos