Meio Ambiente | RR Roraima

Prazo para notificação da vacinação contra febre aftosa termina dia 15

Prazo para notificação da vacinação contra febre aftosa termina dia 15
Prazo para notificação da vacinação contra febre aftosa termina dia 15. Imagem Ascom
Zukka Brasil | RR
Escrito por Zukka Brasil | RR

Até o dia 15 de novembro o produtor rural poderá notificar a vacinação contra febre aftosa. A Aderr (Agência de Defesa Agropecuária de Roraima) espera o cumprimento do prazo de declaração da vacina, alertando aos produtores da obrigatoriedade da comunicação do ato à instituição para evitar a aplicação de multa.

A notificação da vacinação pode ser feita pelo SIGADERR (Sistema de Informação), caso o produtor tenha acesso pessoal ao sistema, além de poder declarar nas Unidades de Defesas Agropecuárias (UDAs) no Município onde está localizada sua propriedade.

Para a notificação precisa levar a nota fiscal e estratificação do rebanho, constando sexo e idade dos animais. Segundo o responsável pelo Pnefa (Programa Nacional de Vigilância de Febre Aftosa), Marcos Duarte, é muito importante que o produtor comunique a vacinação à Aderr o quanto antes, evitando multa.

A notificação, ressaltou Sylvio Botelho, médico veterinário da Aderr, é o momento em que o produtor vai atualizar seus dados junto a Aderr, principalmente os números de bovinos, equinos, suínos, aves e peixes. “O que ele tiver de criação ele precisa cadastrar para que a gente possa fazer esse controle sanitário com mais eficiência”, enfatizou.

Com valor elevado, a multa já inicia com 4 UFER por propriedade, que dá R$ 1.541,48 e mais 0,25 UFERR por animal, que dá R$ 96,34. Os valores podem chegar a um custo bem maior para o produtor, pois depende da quantidade de bovinos no rebanho.

Campanha encerrou no sábado

A campanha de vacinação contra a aftosa encerrou sábado, dia 31. Nesta etapa a meta para vacinação foi imunizar aproximadamente 330 mil animais de 0 a 24 meses. Somente após a notificação por parte dos produtores que a Aderr saberá quantos animais foram imunizados.

Roraima possui status sanitário de zona livre de febre aftosa com vacinação, atendendo as medidas estabelecidas pelo PNEFA (Programa Nacional de Vigilância de Febre Aftosa) e pelo MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) para contribuir com a erradicação da doença no Brasil.