Meio Ambiente | RR

Plano de ações para auxiliar municípios afetados pela cheia dos rios foi encaminhado ao Governo Federal

Operação Inverno. Imagem: CBMRR
Escrito por Zukka Brasil | RR

O Governo do Estado, por meio CBMRR (Corpo de Bombeiros Militar de Roraima) e da Defesa Civil Estadual, encaminhou, nessa quinta-feira, dia 8, à Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil o PDR (Plano Detalhado de Resposta), a fim de auxiliar municípios em situação de emergência, em razão do inverno rigoroso deste ano.

A situação de emergência decretada pelo Governo de Roraima em nove municípios, Bonfim, Cantá, Caracaraí, Caroebe, Normandia, Rorainópolis, São João da Baliza, São Luiz e Uiramutã, foi reconhecida pelo governo federal e oficializada por meio de publicação no Diário Oficial da União na última terça-feira, 6.

O PDR apresenta todas as ações emergenciais já desenvolvidas pelas Secretarias de Roraima para ajudar a população atingida pelas fortes chuvas. O Plano de Resposta já estava pronto e era atualizado conforme as atividades estaduais eram realizadas.

O Governo enviou também o Formulário de Recursos Federais para contratação de serviços, a fim de garantir a continuidade dos atendimentos.

“Enviamos o formulário para conseguirmos recursos para contratação, principalmente, de empresas de táxi aéreo para atendimento às comunidades mais distantes, nos municípios do Uiramutã, na região do Ingaricó, Bonfim e Normandia, onde só é possível o acesso por aeronave”, disse diretor Executivo de Proteção e Defesa Civil de Roraima, coronel bombeiro militar Cleudiomar Ferreira.

Com a chegada dos recursos, o Governo do Estado espera ampliar a ajuda humanitária a estas comunidades, com a entrega de cestas básicas emergenciais do projeto Cesta da Família e serviços de saúde.

Além disso, independente da chegada dos recursos federais, o CBMRR e a Defesa Civil buscam parcerias com a sociedade civil organizada e empresas privadas para chegar aos locais mais distantes de Roraima. As ações executadas pelo Estado para atender à demanda existente de apoio humanitário prosseguem.

Plano de Trabalho e Execução de Obras será enviado ao governo federal

O CBMRR, a Defesa Civil e a Seinf (Secretaria de Infraestrutura) trabalham agora na elaboração do PTExO (Plano de Trabalho para Execução de Obras).

Este documento será enviado à Sedec (Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil), com o detalhamento de todos os danos estruturais causados em estradas e pontes pelas fortes chuvas. O plano contempla, entre outros serviços, reconstrução de pontes, elevação de estradas e aquisição e instalação de manilhas para controle do fluxo de rios e igarapés.

Segundo o subcomandante geral do CBMRR, coronel Anderson Carvalho de Matos, um novo mapeamento está sendo realizado para apontar os locais exatos onde será necessária a execução de obras pela Seinf.

“Já tínhamos muitos pontos mapeados e georreferenciados, mas, devido a novos rompimentos como o da BR 401 em Normandia, ocorrido na última noite, um novo levantamento está sendo realizado e o documento deverá ser encaminhado nos próximos dias”, ressaltou

Operação Inverno 2021

O Governo de Roraima, por meio do CBMRR e da Defesa Civil, trabalha desde o final de fevereiro e início de março na preparação para o atendimento à população durante o período chuvoso. Já era esperado um inverno rigoroso, mas a intensidade das chuvas foi maior que o previsto pelos órgãos de acompanhamento meteorológicos.

Além da capacitação das Defesas Civis Municipais da grande maioria dos municípios, a Defesa Civil e o CBMRR executaram diversas ações preparatórias para diminuir o impacto das chuvas. Vistorias em pontes e vicinais foram realizadas antes do início do período de chuvas para identificar possíveis problemas futuros.

As equipes governamentais realizaram também o reflorestamento de áreas próximas aos rios e igarapés em alguns municípios, para evitar que o assoreamento elevasse ainda mais o leito dos rios.

Com o início das chuvas nos meses março/abril, o CBMRR e a Defesa Civil, com apoio dos brigadistas estaduais contratados pela Femarh (Fundação Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos), iniciaram trabalhos de resposta emergencial em todos os municípios de Roraima.

Regiões como as comunidades indígenas após o Rio Jacamim (Jacamim, Ponto Cinco, Marupá e Água Boa), no Bonfim, e Passarão, em Boa Vista, continuam recebendo serviço de baldeação realizado pelas equipes do CBMRR.