Destaque Manaus

“Pela primeira vez em minha vida pública tive a oportunidade de escolher onde estou.“ desabafa Rotta

David Almeida e Marcos Rotta | Foto: Zukka Brasil
Zukka Brasil | AM
Escrito por Zukka Brasil | AM

Manaus – O vice-prefeito reeleito Marcos Rotta (DEM) disse que na prefeitura de Manaus, a partir de 1º de janeiro de 2021, irá ocupar o lugar que escolheu. Rotta afirmou, que nos últimos dois anos, foi vice decorativo na gestão do prefeito Artur Neto (PSDB).

“Pela primeira vez em minha vida pública tive a oportunidade de escolher onde estou. Se estou hoje vice do David é porque escolhi estar ao lado dele. Foi a condição que o meu partido me deu, pois já era pré-candidato a prefeito. Nós conversamos com o David e passei a projetar nele tudo aquilo que eu espero de uma boa administração para cidade de Manaus”, declarou à imprensa durante a festa da vitória na noite deste domingo (29).

David Almeida (Avante) e Marcos Rotta foram eleitos prefeito e vice-prefeito, respectivamente, neste domingo (29) com 51,2% dos votos, uma diferença de 2,54% do adversário, Amazonino Mendes (Podemos).

Rotta rompeu com o Artur após ter sido preterido na chapa que lhe fora oferecida para o governo do estado, em 2018. No pleito municipal de 2016, Rotta era o nome oficial do MDB. Contudo, acordo de última hora o colocou como vice do tucano. Rotta criticou a gestão da prefeitura no combate a pandemia do novo coronavírus e teve embates com a primeira-dama do município, Elisabeth Valeiko.

“O Arthur me usou para ganhar a eleição em 2016 e depois me descartou. É o que ele faz sempre. A história política do Artur se divide em quem ele enganou e quem ele vai enganar. Agora é mais um que vai de se aposentar e vamos tomar todas as precauções para que isso verdadeiramente aconteça. Ele é uma pessoa nociva a cidade de Manaus assim como a cuidadora dele também o é”, declarou.