Destaque Manaus

Nicolau afirma: “Arthur deixará prefeitura seriamente endividada”. Prefeito se defende

Zukka Brasil | AM
Escrito por Zukka Brasil | AM

Eleições 2020 – Pré-candidato do PSD à sucessão na Prefeitura de Manaus, o deputado estadual Ricardo Nicolau partiu para o ataque à gestão do prefeito Arthur Neto (PSDB).

Nicolau, encorpado pela nova parceria com Hissa Abrahão (PDT), abriu o verbo na tarde deste domingo (06), onde ele postou vídeo em suas rede social apontando falhas e problemas que o atual gestor municipal Arthur Neto deixará ao seu sucessor.

“Não dá pra tapar o sol com a peneira. Não dá pra esconder que a Prefeitura de Manaus está seriamente endividada. Não dá pra negar que o transporte é precário, que as ruas estão cheias de buracos, que as unidades de saúde quando funcionam atendem mal, que a educação é de péssima qualidade e que a violência cresce”.

Conforme o presidente municipal do PSD, ele ficou particularmente incomodado com vídeo postado por Arthur em que afirma que vai passar uma prefeitura com as contas equilibradas.

“Existem vários problemas que persistem em nossa cidade. Falar que vai deixar uma cidade equilibrada [financeiramente] é uma grande mentira. Eu asseguro: Manaus nunca esteve tão endividada e com os serviços públicos em situação tão precária”.

Nicolau citou como dos grandes problemas de Manaus não resolvidos em oito anos de gestão de Arthur o transporte público.

“Quem tem de pegar o transporte para chegar ao trabalho sofre com a frota de ônibus sucateada. Mas, ao mesmo tempo, a gente vê a prefeitura entregando quase 300 milhões [de reais] às empresas”.

O que diz Arthur Neto (Prefeito de Manaus)

Numa semana em que sofreu ataques intensos de adversários políticos, o prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB) reagiu.

Em vídeo publicado neste domingo, dia 6, em suas redes sociais, o tucano diz que está “espantado com o clima que está vendo” antes do pleito que elegerá seu sucessor.

E lembrou que nem em seus confrontos mais duros com o ex-governador Amazonino Mendes (Podemos) teve o nome de sua família envolvido.

“Fico um pouco espantando com o clima que estou vendo. Por exemplo, não sou candidato a nada. Nem que eu fosse candidato, se justificariam os ataques. […] Eu me lembro de lutas passadas minhas. Eu me lembro, por exemplo, de refregas duras com os ex-governador Amazonino Mendes. E nunca, em nenhum momento, ele tocou na minha família, a não ser para elogiar meu pai. E nunca eu toquei na família dele a não ser para elogiar sua esposa, para elogiar seus filhos”, disse o prefeito.

Insultos

Arthur foi além. Afirmou que os ataques vêm de pessoas que cansaram de desfilar pela sua casa.

“Me insultam, insultam a minha esposa, insultam a minha família gratuitamente. Pessoas que cansaram de desfilar pela minha casa pedindo favores, pedindo obséquios”, disse.

O prefeito, do alto de suas quatro décadas de vida pública, disse que “a política tem certas regras.”

De acordo com ele, “uma pessoa que nunca teve votos, milagrosamente pode ter uma vez.”

E continua.

“Outras pessoas sonham em se manter em postos, que não tem nem 100 votos para se manter nestes postos. Alguém que teve pra deputado estadual ou deputado federal tanto votos, acha que vai multiplicar por dez isso? Só porque disse que é candidato a prefeito? Se o povo quiser vai. Mas não é o normal numa carreira política”, destacou.

Artilharia 

O vídeo de Arthur é publicado dois dias após os ataques mais intensos vindos do pré-candidato a prefeito, deputado estadual Ricardo Nicolau (PSD), e do ex-deputado federal, Hissa Abrahão (PDT).

A artilharia pesada ocorreu na sexta-feira, dia 4, durante o anúncio oficial do apoio do PDT a candidatura de Nicolau.

Lá, Hissa acusou o prefeito de ser cúmplice da morte do engenheiro Flávio Rodrigues, caso policial em que o enteado de Arthur, Alejandro Valeiko, é investigado.

Já Nicolau afirmou que a administração tucana deixará a prefeitura com “um rombo nunca antes visto na história”.

Com informações de apoio BNC Amazonas