Boa Vista

Monumento ao Garimpeiro é alvo de pichação em Boa Vista

Monumento ao Garimpeiro
Monumento ao Garimpeiro | Foto: Juliana Dama/G1 RR
Zukka Brasil | RR
Escrito por Zukka Brasil | RR

Boa Vista – O Monumento ao Garimpeiro, patrimônio histórico de Roraima, foi alvo de vandalismo. A escultura fica localizada na Praça do Centro Cívico, em Boa Vista, foi vista por moradores com pichações e águas vermelhas desde o último sábado (6) pela manhã.

No monumento, picharam as frases “fora garimpo” e “RR é terra de índio”. A peneira e a perna do garimpeiro foram manchadas de tinta vermelha. Além disso, a fonte de água que rodeia a estátua também foi tingida de vermelho.

Procurada, a Prefeitura, que é responsável pelo monumento, lamentou os atos de vandalismo e informou que fará a manutenção da escultura.

“Vale lembrar que vandalismo gera prejuízos à população e ao contribuinte. As denúncias podem ser feitas por meio dos números 153 da Guarda Municipal, 190 da Polícia Militar ou 156 da Prefeitura de Boa Vista”, diz trecho da nota.

O Monumento ao Garimpeiro foi construído em 1960 pelo então governador, Hélio da Costa Campos e faz homenagem às pessoas que “contribuíram para o desenvolvimento do estado”. A estrutura fica no centro da sede do governo e Assembleia Legislativa de Roraima.

Em 2014, a Fundação Nacional Índio (Funai) sinalizou que iria propor sua demolição e alegou que a estátua faz apologia a um crime.

Apesar de não existirem garimpos legalizados no estado, a Funai estima que há entre 7 e 10 mil garimpeiros atuando na Terra Yanomami, maior reserva indígena do Brasil e a mais afetada pela prática ilegal.

Em 2019, lideranças das etnias Yanomami e Yekuana divulgaram uma carta aberta em que denunciavam a presença de garimpeiros ilegais na região e alertavam para risco de um massacre na reserva.

Segundo o procurador de justiça de Roraima, Edson Damas, a corrida aos garimpos na Terra Yanomani, em meio a pandemia, pode levar a um terceiro ciclo de genocídio dos povos que vivem no território indígena.

Com informações de G1/RR