Cultura | AM Saúde | AM

Mês de agosto será de homenagens aos profissionais de saúde, no Teatro Amazonas

projeto “A Arte Agradece a Vida” | Teatro Amazonas | Foto: Bruno Zanardo
projeto “A Arte Agradece a Vida” | Teatro Amazonas | Foto: Bruno Zanardo
Zukka Brasil | AM
Escrito por Zukka Brasil | AM

Cultura/Am – Durante todo o mês de agosto, o Governo do Amazonas, por meio de uma parceria entre as secretarias de Cultura e Economia Criativa e Saúde, homenageará os profissionais da saúde que atuaram na linha de frente durante a pandemia do novo coronavírus.

O projeto “A Arte Agradece a Vida”, que estreou ontem (05/08), no Teatro Amazonas, incluiu na programação acesso a concertos, uma placa que ficará no hall do espaço cultural, e gratuidade em visitas turísticas.

Os espetáculos, direcionados aos médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, maqueiros, técnicos, bombeiros, agentes de portaria e serviços gerais, marcam a retomada das apresentações dos Corpos Artísticos no palco do maior patrimônio histórico do Estado.

“Toda quinta-feira e sábado teremos uma live de um corpo artístico. Hoje estamos fazendo numa quarta-feira, para marcar esse dia, inclusive com a fachada do teatro toda na cor verde, também marcando o Dia Nacional da Saúde”, afirmou Marcos Apolo Muniz, titular da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa.

Nessa retomada, os espetáculos serão restritos aos convidados, mas o projeto prevê um total de oito lives, transmitidas no Instagram do Governo do Amazonas, no Facebook da Secretaria de Cultura e Economia Criativa e pela TV Encontro das Águas. Cada concerto terá, na plateia, um número reduzido de representantes dos profissionais da saúde, atendendo a todos os protocolos de segurança recomendados pelos órgãos sanitários para evitar qualquer tipo de aglomeração.

Concertos – Na noite de abertura, o projeto “A Arte Agradece a Vida” contou com a apresentação da Amazonas Filarmônica, que interpretou trechos do “Septeto em mi bemol maior”, de Beethoven; e uma versão da música “Porto de Lenha”, de Zeca Torres e Aldisio Filgueiras; com arranjo do maestro Otávio Simões.

“Nossa ideia era presentear esses profissionais, mas acho que os maiores presenteados somos nós. Não tenho nem palavras para agradecer o quanto eles (profissionais de saúde) fizeram nesses últimos meses”, disse o maestro Otávio Simões, ressaltando que os músicos da orquestra seguem todos os protocolos de saúde, como distanciamento e uso de máscaras.

No dia 8 será a vez da Orquestra de Violões do Amazonas apresentar “Ovam 20 anos”, com retrospectiva da trajetória do grupo no repertório; enquanto no dia 13, a Amazonas Filarmônica trará o espetáculo “Mendelssohn & Gounod”, da Série de Câmara 2020.

A Orquestra de Câmara do Amazonas exibirá, no dia 15, “Concertos Grossos de Georg Friedrich Händel”; e, no dia 20, a Amazonas Filarmônica trará “Septeto em mi bemol maior”, de Beethoven.

Já o Corpo de Dança do Amazonas subirá ao palco no dia 22, com “Vazantes”, uma metáfora com o movimento da cidade e seus contrastes, com direção de Mário Nascimento.

No dia 27, a Amazonas Filarmônica apresenta obras para Quinteto de Sopros e, no dia 31, Amazonas Band encerrará a primeira temporada de lives com o concerto comemorativo de 20 anos do grupo.