Destaque Esportes | AM

Mengo x Inter decidem hoje quem vai à semifinal da Libertadores

Inter
Inter
Zukka Brasil
Escrito por Zukka Brasil

Um mar vermelho de (provavelmente) 48 mil torcedores colorados vão empurrar o Inter em busca da revanche contra o Flamengo, nesta quarta-feira (28), às 21h30 (de Brasília), no Beira-Rio.

Após a vitória no primeiro jogo, o time rubro-negro joga por um empate ou qualquer derrota por um gol de diferença. Já o Inter precisa vencer por três gols para ir à semifinal no tempo normal. Uma vitória gaúcha por 2 a 0 leva a decisão aos pênaltis. Gol marcado fora de casa vale como critério de desempate.

Com o placar de 2 a 0 obtido no Maracanã na primeira partida, o time rubro-negro ganhou um problema de última hora que antes era solução: o colombiano Cuéllar que havia alegado problemas pessoais para ficar afastado dos jogos, foi reintegrado e está à disposicão do técnico Jesus, que com Willian Arão de fora (suspenso), ainda não decidiu o que fazer.

“O símbolo do Flamengo é que está acima. Não é jogador, não é treinador. Quando alguém pensa que está à frente do clube, vai ter sempre problemas”, disse Jesus após a vitória sobre o Ceará, no domingo.

A equipe comandada por Odair Hellmann sentiu a atmosfera favorável na véspera do importante jogo. Segundo a assessoria do clube, mais de 10 mil torcedores estiveram no treino assistindo e apoiando os jogadores. A boa notícia foi a presença de Rafael Sóbis, se recuperando de uma contratura e caso não esteja em condições de atuar, Wellington Silva que vem tendo boas atuações pelo time no Brasileiro, deve entrar em seu lugar.

“Não acredito que o Flamengo mude suas características. É uma ideia de jogo estabelecida pelo Jesus, até pelas características dos jogadores que ele tem. Claro que 2 a 0 é um resultado importante para qualquer equipe, mas a situação não está resolvida. Há de se respeitar o Inter dentro do Beira-Rio, e o Flamengo fará isso. Se o Flamengo tiver mérito de conseguir ir no Beira-Rio e fizer com que o Inter não consiga reverter, merece seguir em frente”, frisou Hellmann.

O retrospecto do confronto não favorece a equipe carioca, pois em 47 jogos, foram apenas seis vitórias no Beira-Rio e por ironia do destino, Paolo Guerrero foi o autor do gol decisivo na vitória por 2 a 1, quando estreava com a camisa do Flamengo, em 2015.

Já a vitória mais recente do Internacional foi na segunda rodada do Brasileiro, no jogo em que o então técnico Abel se apoiou nas estatísticas para justificar a polêmica frase que “era normal perder no Beira-Rio”.

O vencedor deste confronto enfrentará o Grêmio nas semifinais.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL X FLAMENGO

Local: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Horário: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Patricio Loustau (Argentina)

Assistentes: Juan Pablo Belatti e Gabriel Chade (Argentina)

Árbitro de Vídeo: Fernando Rapallini (Argentina)

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Bruno, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Uendel; Rodrigo Lindoso, Patrick e Edenílson; D’Alessandro, Rafael Sobis (Wellington Silva) e Paolo Guerrero. Técnico: Odair Hellmann.

FLAMENGO: Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luis; Cuéllar, Piris da Motta, Everton Ribeiro (Gerson), De Arrascaeta e Bruno Henrique; Gabigol. Técnico: Jorge Jesus