Cinema

Melhor ator 2021 Anthony Hopkins estava dormindo quando ganhou o Oscar

Anthony Hopkins Oscar | Foto: Divulgação
Anthony Hopkins Oscar | Foto: Divulgação
Escrito por Zukka Brasil

Anthony Hopkins estava dormindo quando foi anunciado, neste domingo (25), como vencedor do Oscar de Melhor Ator, por seu trabalho em “Meu Pai”. A informação foi dada por Jeremy Barber, agente do artista, horas depois da transmissão do evento.

“Tony estava no País de Gales, onde cresceu, e estava dormindo às 4 da manhã quando o acordei para lhe contar a novidade. Ele estava tão feliz e tão grato”, disse em entrevista à revista People.

Aos 83 anos, Hopkins tornou-se a pessoa mais velha a ganhar a estatueta na categoria. Ainda segundo o agente, o prêmio teve um sabor especial para o ator pois o filme, em que ele interpreta o patriarca que sofre de demência, é sua “realização de maior orgulho”.

Barber disse também: “Depois de um ano em quarentena e sendo duplamente vacinado, ele finalmente conseguiu retornar ao País de Gales e, aos 83 anos, foi um grande alívio após um ano tão difícil”.

Anthony Hopkins, que já havia ganhado o Oscar de Melhor Ator por sua atuação em “O Silêncio dos Inocentes”, em 1992, venceu dessa vez a forte concorrência de Riz Ahmed (“O Som do Silêncio”), do falecido astro Chadwick Boseman (“A Voz Suprema do Blues”), Gary Oldman (“Mank”) e Steven Yeun (“Minari – Em Busca da Felicidade”).

Em vídeo publicado no Instagram, o ator se pronunciou: “Aos 83 anos de idade, eu não esperava receber esse prêmio. Eu realmente não esperava. Estou muito agradecido à Academia”. E aproveitou para homenagear o colega morto de câncer no ano passado: “Quero prestar homenagem a Chadwick Boseman, que foi tirado de nós tão cedo”.