Música

Megadeth anuncia saída de seu baixista fundador do grupo após acusações de assédio

Megadeth | Foto: Divulgação
Megadeth | Foto: Divulgação
Escrito por Zukka Brasil

O músico David Ellefson está oficialmente fora da banda americana de heavy metal Megadeth. O anúncio foi feito nas redes sociais do grupo, nesta segunda-feira (24), e surge após o artista ser acusado de trocar mensagens sexuais com uma adolescente.

“Informamos aos nossos fãs que David Ellefson não faz mais parte da Megadeth, e estamos oficialmente seguindo caminhos diferentes”, diz a nota.

“Não estamos tomamos essa decisão de maneira leviana. Apesar de não sabermos todos os detalhes do ocorrido, com uma relação já tensa, o que foi revelado já é suficiente para não seguirmos trabalhando juntos. Estamos ansiosos para ver nossos fãs no verão, e mal podemos esperar para compartilhar nossa música nova.”

O então baixista do grupo é acusado de enviar mensagens e vídeos sexuais a uma menina menor de idade, que segundo posts que viralizaram numa sequência de stories de um perfil anônimo do Instagram, teria apenas 17 anos.

As acusações surgidas no início do mês, no entanto, são negadas pelo músico. Na época, ele publicou uma nota dizendo que os prints foram tirados de contexto e não incluem conversas com nenhum menor de idade.

Depois da nota, Ellefson tornou seu perfil no Instagram privado. O artista é um dos cofundadores da banda, que surgiu na década de 1980 e é consagrada como um dos maiores nomes da cena heavy metal.