Turismo | AM

Manaus movimentará R$ 12 MI com chegada de 10 mil turistas na “Temporada de Cruzeiros 2022”

“Temporada de Cruzeiros 2022”
Foto: Arquivo / Manauscult
Escrito por Zukka Brasil | AM

A Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), está preparando a cidade para receber os mais de 10 mil turistas, que chegarão a bordo de 11 navios, para a “Temporada de Cruzeiros 2022”, com foco no fortalecimento do turismo local, no período pós-isolamento social. A última temporada de transatlânticos, por conta da Covid-19, foi cancelada através de decreto governamental em março de 2020, para evitar a contaminação e proliferação do vírus.

Em Manaus, a expectativa é que esses 11 cruzeiros na cidade devem injetar, em média, de R$ 11 milhões a R$ 12 milhões na economia da capital amazonense, durante esse período, além do gasto médio do turista. A temporada movimenta indiretamente toda a cadeia produtiva de receptivo do segmento, além do abastecimento de combustível, água e outros.

A primeira embarcação luxuosa a atracar no porto de Manaus, para dar início à Temporada de Cruzeiros 2022, será o navio Club Med 2, que vem dos Estados Unidos da América (EUA), com 350 turistas franceses e 200 tripulantes, com previsão de chegada no dia 20/1 do ano que vem, às 8h, com partida no dia seguinte, às 21h. O último navio da temporada, também dos EUA, o M/S Seven Seas Navigator, com 700 turistas americanos e 400 tripulantes, tem previsão de chegada no dia 30/4, às 8h, e partida em 1º/5, às 16h.

Nessa temporada, os cruzeiristas que desembarcarão nas terras amazonenses, são, em sua maioria, americanos e europeus, especificamente franceses e britânicos. A redução da presença dos turistas europeus se dá em função da quarentena que a população estava sendo obrigada a cumprir após viagem ao Brasil.

A diretora de turismo da Manauscult, Oreni Braga, ressalta que os passageiros precisam obrigatoriamente seguir todos os protocolos sanitários estabelecidos pelo Ministério da Saúde e pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). As estratégias de receptivo para receber os turistas serão formuladas ainda no mês de novembro.

“Realizamos uma primeira reunião, para tratar do receptivo, da segurança e das orientações dos protocolos de biossegurança. Está previsto um próximo encontro no dia 24/11, com as entidades envolvidas no segmento, em que definiremos as ações a serem realizadas, para um receptivo de qualidade” disse.

Economia

No início de outubro, o Ministério do Turismo (MTur) publicou uma portaria autorizando a volta dos cruzeiros. E segundo a Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (Clia Brasil), a previsão é que a temporada produza um impacto de R$ 2,5 bilhões na economia nacional, R$ 330 milhões em impostos e gerar cerca de 35 mil empregos diretos e indiretos.

Segundo a diretoria de Turismo da Manauscult, o gasto médio dos turistas na cidade de Manaus é de US$ 116 por dia, que multiplicado pelo total de turistas da temporada, corresponde a US$ 6.275.901.

Preparativos

Oreni Braga explica que a cidade está sendo preparada para oferecer um menu maior de atrativos e produtos turísticos, conforme orientação do prefeito David Almeida.

“A Manauscult está planejando para 2022 trabalhar mais e melhor a divulgação e promoção de Manaus nos mercados alvos do turismo, a fim de que a nossa cidade possa receber um número exponencial de turistas, a cada ano, bem como buscar aumentar a permanência e o gasto médio, oportunizando mais empregos e maior geração de renda, para os trabalhadores envolvidos no setor” explicou.

Um dos objetivos que a diretoria de turismo da instituição aponta é a promoção e divulgação de Manaus no mercado americano, principal emissor dos navios turísticos, e no mercado europeu, em países como Alemanha, Espanha e França.

Oreni acrescentou ainda que, a temporada de cruzeiros é um sinal da retomada das atividades turísticas na cidade de Manaus, de maneira ainda lenta, mas, sem dúvida, progressiva.

“Tínhamos, no início, uma expectativa de 24 navios, mas, por conta da pandemia que se prolongou, houve uma considerável redução. Porém, com todas as dificuldades, a chegada desses 11 navios será uma temporada curta, mas não deixa de registrar o interesse dos turistas na cidade de Manaus. Iremos trabalhar a divulgação, para que esse número de navios cresça ainda mais na temporada de 2023”.

Protocolos sanitários

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) anunciou, no dia 29/10, que os cruzeiros marítimos durante o transporte de passageiros da nova temporada devem seguir os seguintes protocolos sanitários: ter ocupação máxima de 75% da capacidade da embarcação; distanciamento de 1,5 metro entre grupos; uso obrigatório de máscaras; vacinação completa obrigatória para hóspedes e tripulantes, desde que elegíveis pelo Plano Nacional de Imunização (PNI); testagem antes do embarque com exame PCR até três dias antes ou antígeno até um dia antes da viagem; e testagem frequente de, no mínimo, 10% das pessoas embarcadas e tripulantes.

As excursões e visitas em terra estão autorizadas e seguirão os protocolos das companhias. Será necessário ainda o preenchimento de formulário de saúde pessoal (DSV – Declaração de Saúde do Viajante); ar fresco sem recirculação; desinfecção e higienização constantes; plano de contingência com corpo médico especialmente treinado e estrutura com todos os modernos recursos para atendimento dos hóspedes e tripulantes; e medidas de rastreabilidade e comunicação diária com a Anvisa, municípios e Estados.

As medidas adotadas podem ser alteradas a qualquer momento, caso identificado algum risco à saúde pública ou em decorrência do descumprimento das normas sanitárias vigentes, podendo chegar à suspensão das atividades da embarcação e dos terminais.

“Após meses de paralisação do setor no país, devido à pandemia de Covid-19, a nossa expectativa é que a temporada seja um grande sucesso, por conta da demanda reprimida existente em todo o mundo, ainda estamos vivendo em época de pandemia, por isso, os protocolos sanitários serão todos colocados em prática. A Anvisa, a Polícia Federal (PF) e demais órgãos farão esse monitoramento” frisou a diretora.

Todos os turistas irão embarcar nos navios seguindo, também, as orientações e recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da Organização Mundial do Turismo (OMT).

Centro de Atendimento ao Turista

A Prefeitura de Manaus, por meio da Manauscult, e em parceria com a Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur) está trabalhando na instalação, provisória, de um Centro de Atendimento ao Turista (CAT), no porto de Manaus. Os centros proporcionam conforto extra a turistas, visitantes e aos próprios manauaras, em busca de informações turísticas e sobre atividades na capital. Estagiários bilíngues das faculdades de Turismo da cidade trabalham no local, sob a supervisão da Manauscult.

A cidade conta, no momento, com um CAT no Pavilhão Universal, na praça Tenreiro Aranha, Centro, funcionando de segunda a sexta-feira, de 8h às 17h, e outro no complexo turístico Ponta Negra, na avenida Coronel Teixeira, Ponta Negra, funcionando de segunda a sexta-feira, de 8h às 17h.

Visitação

Com programação diversificada, os visitantes conhecem atrativos turísticos, como o Museu da Cidade de Manaus (Muma), mercado municipal Adolpho Lisboa, Teatro Amazonas, Museu da Amazônia (Musa), complexo turístico Ponta Negra e o Palácio Rio Negro. Percorrem também outras belezas naturais da região, como o lago do Janauacá e o Encontro das Águas, além de experimentarem a gastronomia local e participarem de atividades culturais.

O Centro Histórico de Manaus é um dos locais mais procurados pelos turistas, que chegam na capital, e está recebendo todas as intervenções possíveis pela Prefeitura de Manaus, com apoio da Polícia Turística do Amazonas (Politur), para uma temporada segura.