Destaque Saúde | AM

Manaus começa a vacinar pessoas de 39 anos nascidas de janeiro a junho a partir de hoje (17)

Vacinação Covid-19 SEMSA Manaus
Fotos – João Viana
Escrito por Zukka Brasil | AM

Pessoas de 39 anos da população geral, nascidas entre os meses de janeiro a junho, começarão a ser imunizadas contra a Covid-19, nesta quinta-feira, 17/6, conforme anúncio feito pelo prefeito de Manaus, David Almeida, na noite de terça-feira.

Na sexta-feira, 18/6, serão os de 39 anos nascidos de julho a dezembro e, no sábado, 19/6, todo o público de 38 anos. A estimativa da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) é atender com a primeira dose do imunizante 49,3 mil pessoas dessas duas faixas, sendo 23,6 mil de 39 anos e 25,7 mil de 38 anos.

Até a sexta-feira, 18/6, o atendimento ocorrerá nos pontos de vacinação tradicionais. No sábado, serão disponibilizados outros 16 pontos de vacinação, incluindo Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e outros pontos estratégicos, que serão divulgados até sexta-feira.

“Desde que começamos a receber as primeiras doses de vacina, ainda no mês de janeiro, deixamos clara a nossa intenção de avançarmos sempre que fosse possível, para protegermos nossa população dos efeitos do novo coronavírus no menor espaço de tempo. E é o que estamos fazendo, alcançando cada vez mais pessoas, agora com essas duas faixas. São cinco meses de campanha, com mais de 900 mil doses de vacinas aplicadas”, destacou o prefeito.

Para receber a imunização, é necessário apresentar um documento de identificação com foto, CPF e um comprovante de residência, original e uma cópia, que ficará retida para controle da Semsa. A secretária titular da Semsa orienta que seja feito o cadastro na plataforma Imuniza Manaus (https://imuniza.manaus.am.gov.br) para agilizar o atendimento nos postos e evitar a formação de longas filas.

“É muito importante que todos os que vão se vacinar preencham o cadastro no Imuniza. Ainda temos uma parcela considerável de pessoas aptas a receber a vacina e quanto menos tempo demorar o atendimento, mais rapidamente todos serão vacinados. Para quem não tem acesso à internet, nossa rede disponibiliza esse suporte nas unidades de saúde, basta chegar na recepção que nossos servidores estão orientados a fazer o cadastro”, informou.

O preenchimento dos dados na plataforma demora, em média, três minutos. É necessário informar nome completo, número do CPF, data de nascimento, endereço com CEP, um endereço de e-mail, que é opcional, e confirmar os dados para finalizar o cadastro.

Quando as informações já estão no sistema, basta apresentar os documentos solicitados aos registradores que farão a conferência dos dados, o preenchimento do cartão de vacinação e a liberação para receber a imunização.

“Esse procedimento não dura um minuto, é bem rápido porque o nosso pessoal já tem a prática”, explicou Shádia.

Outros grupos

Simultaneamente, a Semsa seguirá vacinando os remanescentes dos grupos já atendidos na campanha: todas as faixas etárias acima de 40 anos; Pessoas com Deficiência permanente (PcDs); pessoas com comorbidades; gestantes e puérperas; trabalhadores da educação; pais de menores de 18 anos com deficiência permanente (PcDs); trabalhadores das Forças Armadas e de Segurança e Salvamento (atuantes na linha de frente contra a Covid-19 e relacionados em listas oficiais encaminhadas à Semsa); trabalhadores do transporte coletivo e caminhoneiros; trabalhadores da limpeza pública e manejo de resíduos sólidos; e de trabalhadores da Assistência Social que atuam na linha de frente do atendimento social da Covid-19 e na emergência das enchentes e transbordamentos dos rios. Estes podem procurar um dos pontos da Semsa para se vacinar, bastando apresentar os documentos exigidos.

Pontos de atendimento

Ao todo, a Semsa disponibiliza oito pontos de vacinação, sendo que o da Escola de Enfermagem de Manaus, localizada na rua Teresina, 495, Adrianópolis, atende exclusivamente trabalhadores das Forças Armadas e de Segurança e Salvamento. A unidade também é a única a oferecer a segunda dose de CoronaVac. Os demais pontos estão realizando o atendimento aos outros públicos e aos que vão tomar a segunda dose de AstraZeneca.

O atendimento a pais de PcDs e às gestantes e puérperas está concentrado em três pontos: Centro de Convivência da Família Padre Pedro Vignola, Balneário do Sesc e Clube do Trabalhador, do Sesi.

A Semsa orienta que as pessoas vacinadas com CoronaVac ou AstraZeneca consultem o agendamento no Imuniza Manaus ou se dirijam aos postos se tiverem perdido o prazo para tomar a segunda dose. O intervalo entre doses recomendado para a CoronaVac e de 28 dias e para a AstraZeneca, de 84 dias.

Quem for receber a segunda dose deve apresentar documento de identidade e a carteira de vacinação com o registro da primeira dose.