ESPECIAL PUBLICITÁRIO

Infectologista faz alerta sobre cuidados com a nova variante Ômicron

Ômicron Hapvida Covid-19
Foto: Divulgação
Escrito por Zukka Brasil | AM

Atualmente, circulam no mundo pelo menos cinco tipos de variantes da covid-19, são elas: alfa, beta, gama, delta e ômicron. Os nomes do alfabeto grego foram dados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) no intuito de facilitar a comunicação, a notificação de casos e reduzir preconceitos.

A variante designada ômicron pela OMS foi detectada e anunciada pelo Instituto Nacional de Doenças Transmissíveis da África do Sul (NICD) em 25 de novembro, a partir de amostras retiradas de um laboratório cerca de dez dias antes. Segundo a OMS, o que se sabe até o momento é que a ômicron é uma variante altamente transmissível e com grande número de mutações.

O infectologista do Sistema Hapvida, Fernando Chagas, fala sobre os cuidados com a nova variante e a importância de manter as formas de prevenção.

“Estamos todos em risco de infecção pela variante ômicron, porém quem está com esquema vacinal completo contra covid-19 tem menos chances de pegar o vírus e, se pegar, transmite por menos tempo, sem risco para evolução para a forma grave”, destaca.

“As medidas de prevenção são as mesmas, reforçando sempre o uso da máscara, evitar grandes aglomerações e sempre lembrar de higienizar as mãos. Importante também reforçar que as pessoas com sintomas gripais precisam usar máscaras até mesmo dentro de casa, assim como separar copos, pratos, talheres e material de cama e toalhas para evitar transmitir dentro do ambiente familiar”, finaliza o infectologista.