Destaque Saúde | RR

Hospital de Campanha de Roraima recebeu transferencia de mais 20 pacientes

A Unidade já está funcionando com 20 pacientes. Outros 60 leitos encontram-se disponíveis | Foto: SECOM
A Unidade já está funcionando com 20 pacientes. Outros 60 leitos encontram-se disponíveis | Foto: SECOM
Zukka Brasil | RR
Escrito por Zukka Brasil | RR

O governador de Antonio Denarium participou nesta sexta-feira, 19, da coletiva de imprensa promovida pela coordenação da Área de Proteção e Cuidados, mais conhecida como Hospital de Campanha, da Operação Acolhida. A ação teve como objetivo a oficialização da abertura da unidade com 80 leitos e sobre a remoção de mais 20 pacientes internados no HGR (Hospital Geral de Roraima Rubens de Souza Bento), que ocorrerá ainda esta noite.

A coletiva foi conduzida pelo coordenador do Hospital de Campanha, general Barros e contou com a participação do presidente da ALE-RR (Assembleia Legislativa de Roraima), deputado Jalser Renier; do defensor Público Geral, Stélio Dener; da procuradora Geral do MPRR (Ministério Público de Roraima), Janaína Carneiro; do juiz auxiliar do TJRR (Tribunal de Justiça de Roraima), Aluizio Vieira; do vice-reitor da UFRR (Universidade Federal de Roraima), Silvestre da Nóbrega; e do representante do Hospital Sírio Libanês e Banco Itaú, José Pereira de Souza.

De acordo com Denarium, após a transferência dos primeiros pacientes do HGR para o Hospital de Campanha, ocorrida na noite de quinta-feira, 18, haverá uma nova transferência pacientes.

“O Governo do Estado também ampliou o número de UTIs, ontem iniciamos a transferência dos primeiros paciente para o Hospital de Campanha e abrimos mais 47 leitos de enfermaria para atendimento de COVID-19 e mais 40 semi-intensivos. À medida que seja estruturado o atendimento, vai sendo ampliada a quantidade de internados”, destacou.

Denarium disse ainda que o Governo já contratou um avião cargueiro, da empresa Azul, para realizar o transporte semanal de insumos e medicamentos para suprir a deficiência no atendimento no Estado.

“Aqui em Roraima, devido a distância, temos uma dificuldade muito grande para realizar o transporte de cargas e, para acabar com essa necessidade, nós contratamos um cargueiro da Azul, com voos semanais de São Paulo, para trazer produtos médicos hospitalares, EPIs e medicamento”, completou.

Para o secretário de Saúde, Marcelo Lopes, a abertura do Hospital de Campanha representa um dia de esperança para toda a população roraimense.

“Hoje é um dia de esperança. A população pode ter a certeza da condição de atendimento e tratamento de todos os pacientes diagnosticados com a doença”, relatou.

Marcelo disse ainda que a Sesau (Secretaria de Saúde) vai evoluir na transferência dos pacientes do HGR.

“Vamos aumentar na transferência dos pacientes do HGR, até completar os 80 leitos, e na próxima semana serão novos 170 leitos. Esses que estão sendo transferidos inicialmente para APC são pacientes com sintomas mais leves, ou seja, estamos retirando aqueles que estão acomodados nos corredores”, explicou.