Amazonas Destaque

Governo flexibiliza decreto com novas restrições

Zukka Brasil | AM
Escrito por Zukka Brasil | AM

Amazonas – A partir do dia 28, três dias antes das festas de fim de ano, o decreto de medidas restritivas do Amazonas contra o coronavírus (covid-19) terá nova roupagem. Após reunião com empresários e representantes do comércio de Manaus, no final da noite de ontem (26), o governador Wilson Lima (PSC) decidiu flexibilizar a atividade comercial não essencial.

Dessa maneira, o governo altera o previsto no decreto que começou a vigorar no dia seguinte ao Natal, e que determinava quarentena por 15 dias. Tal medida atingia, principalmente, shoppings e lojistas do comércio.

Por causa disso, sob alegação de que o fim de ano é quando mais faturam com as vendas, o decreto foi fortemente alvo de protestos nas ruas da capital.

Como resultado, Wilson resolveu chamar todos os interessados na questão para rediscutir as medidas em reunião que varou a madrugada de hoje (27).

As novas regras começam a valer a partir desta segunda-feira (28) e seguem até o dia 11 de janeiro:

1. Os estabelecimentos comerciais poderão abrir de 8h às 16h, de segunda a sexta-feira. E os shoppings das 12h às 20h. Nos fins de semana, eles devem operar apenas por delivery ou drive-thru;
2. Os bares, restaurantes, lanchonetes, lojas de conveniência e flutuantes na modalidade restaurante devem funcionar pelo período de 6h diárias, somente até às 22h;
3. Os eventos em geral continuam proibidos.

Contrapartida do capital

Para ceder nas mudanças do decreto primeiro, Wilson cobrou compromisso e participação de empresários e comerciantes por ação pela saúde da população. Além dos cuidados que devem ser tomados em favor dos funcionários do comércio.

Por exemplo, devem assumir todo o tratamento médico do empregado que for contaminado pelo coronavírus.

Em suma, o novo decreto vai valer agora até dia 11 de janeiro.