Boa Vista Cultura | RR

Galeria a céu aberto expõe 35 obras de artistas que exaltam a história e cultura de Boa Vista

Obras de Arte, Parque Rio Branco. Foto: Giovane Oliveira
Zukka Brasil | RR
Escrito por Zukka Brasil | RR

Entre os diversos atrativos do Parque do Rio Branco, entregue no domingo, 20, pela prefeita Teresa Surita, está o Mural Artístico Cultural. No espaço destinado as 35 obras, os artistas locais e de fora do país retratam em cores o tema “Nosso Rio, Nossa História, Nossas Famílias”.

O mural também é composto por uma obra gigante do artista urbano Eduardo Kobra, que retratou as diversas características do povo, da cultura e das belezas de Boa Vista, com o hiper-realismo e os famosos traços coloridos que marcam seus trabalhos.

“O espaço é uma forma de demostrar a participação das pessoas na construção do Parque do Rio Branco, uma vez que, sabemos da importância de valorizar e reconhecer os artistas que fazem parte da nossa história. As obras estão em um ambiente que vale a pena ser conhecido!”, destacou Teresa Surita.

As pinturas foram feitas de acordo com a diversidade de cada artista, tais como: surrealista, realista, impressionista, poética, anime, desenho, 3D ou bucólica. Os materiais utilizados nas pinturas foram: grafite, em óleo, acrílico, esmalte spray e outros materiais de tinturas e corantes resistentes ao ambiente natural

O artista plástico, Carlos Coelho, retratou em sua obra sobre a história do ‘Porto do Cimento’. “Foi um local que marcou a história de Boa Vista, por isso mostrei isso na pintura. Agradeço a oportunidade que a prefeita Teresa nos proporcionou. É uma grande incentivo para categoria dos artistas de Boa Vista”, destacou.

Vale lembrar que a construção de todo o complexo do Parque do Rio Branco aconteceu em parceria com o ex-senador Romero Jucá em Brasília e as obras de desapropriação da área foram com recursos próprios da prefeitura.

O Parque do Rio Branco é uma extensa área repleta de atrativos para todas as idades.

Mirante: O mirante Edileusa Lóz possui 100 metros de altura, é a estrutura mais alta de Boa Vista. A cúpula de 250m² tem capacidade para receber 200 pessoas simultaneamente. Porém, devido à pandemia de covid-19, inicialmente, será liberada a permanência de 40 pessoas por vez, seguindo todos os protocolos de segurança sanitária. Lá em cima, o visitante terá uma vista panorâmica de Boa Vista e do rio Branco e uma passarela com piso de vidro.

Selvinha Amazônica: O Parque do Rio Branco abriga a maior Selvinha Amazônica de Boa Vista. São 160 elementos, entre esculturas de animais típicos da Amazônia e atrativos para as crianças. A Selvinha possui oito cenários e conta com área seca e molhada. O colorido garante um cenário lúdico e encantador.

Outros atrativos: O parque ainda conta com um espelho d’água em formado de meia lua, calçadões propícios para a prática de caminhada, praia e marina. O local ainda vai receber quadras esportivas, ciclovia, lanchonetes e arborização.