Brasil

Fim da Era Bolsonaro? Aliados naufragam, filho com menos votos e rejeição aos nomes indicados

Jair Bolsonaro | Foto: Internet
Jair Bolsonaro | Foto: Internet
Zukka Brasil
Escrito por Zukka Brasil

Eleições 2020: O presidente Jair Bolsonaro sofreu um abalo com o resultados das urnas neste domingo (15): nenhum de seus apoiados ou aqueles que buscaram se associar a ele conseguirem vencer em cidades importantes, além de seu filho Carlos Bolsonaro receber menos votos, em comparação às eleições passadas.

Carlos Bolsonaro foi reeleito, mas encolheu cerca de 35 mil votos em relação a 2016, quando foi o campeão na capital do estado. Ele ficou em segundo, com cerca 71 mil votos, perdendo o posto para o oposicionista Tarcisio Motta (PSOL), que teve cerca de 86 mil votos.

Segundo a Folha de S. Paulo, Wal do Açai, funcionária fantasma do gabinete de Carlos da Câmara dos Deputados, recebeu o apoio em peso da família Bolsonaro, mas não conseguiu se eleger vereadora em Angra dos Reis e recebeu apenas 266 votos.

Em Manaus, Coronel Menezes e Capitão Alberto Neto, que chagar a trocar farpas entre eles para saber quem era o queridinho do presidente, também não passaram de quarta e quinta posição respectivamente nos resultados do primeiro turno.

A aposta mais importante do presidente era Celso Russomanno que acabou ficando em quarto. Bruno Engler, em Belo Horizonte, não conseguiu evitar a reeleição do adversário Alexandre Kalil e no Rio, Marcelo Crivella enfrentará um difícil segundo turno contra o favoritismo de Eduardo Paes.

No último sábado (15), o presidente Jair Bolsonaro chegou a apagar um post no qual mostrava seu apoio a determinados candidatos.