Entretenimento

Festival de Teatro da Amazônia terão serviços de audiodescrição e interpretação de Libras

Festival de Teatro da Amazônia
Redação
Escrito por Redação

O 14ª Festival de Teatro da Amazônia contará com serviços de audiodescrição e de intérpretes da Língua Brasileira de Sinais (Libras) nos espetáculos encenados no Teatro Amazonas, até o dia 13 de outubro.

O evento é realizado pela Federação do Teatro do Amazonas (Fetam), com apoio do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC).

Os serviços de acessibilidade são realizados pela Assessoria de Inclusão à Pessoa com Deficiência da SEC.

Programação | Festival de Teatro da Amazônia

Todos os espetáculos terão intérprete de libras, já o serviço de audiodescrição estará disponível para as peças: “Algodão doce”(10/10, às 10h); “Ambrozhya e o Fantasma da Arte” (10/10, às 20h); “De encontro” (11/10, às 10h); “Ovelha Dolly” (11/10, às 20h); “Augusto” (12/10, às 10h); “Fome” (12/10, às 20h) e “Helena” (13/10, às 19h).

O secretário estadual de Cultura, Marcos Apolo Muniz, destaca que garantir o acesso de todos às atividades culturais é foco constante da pasta.

“Para a SEC, é primordial que o encantamento que as artes proporcionam seja acessível a todos. Hoje, temos equipamentos que possibilitam o atendimento adequado às pessoas com deficiência, que tanto prestigiam nossos eventos ”, disse.

Acessibilidade – Neste ano, o Teatro Amazonas ganhou uma cabine de Libras própria graças ao Projeto de Aquisição de Equipamentos Para Promover a Acessibilidade de Pessoas com Deficiência Visual e Auditiva no Estado do Amazonas, do Governo do Japão, por meio do Consulado do Japão em Manaus.

Com um aporte de, aproximadamente, R$ 270 mil do governo japonês, o Teatro recebeu uma cabine de Língua Brasileira de Sinais (Libras) definitiva e equipada com câmera filmadora, mesa de corte, amplificador e televisores, além de novos fones de ouvido utilizados nas audiodescrições de espetáculos.

Também foram adquiridos equipamentos para uso da Biblioteca Braille, administrada pela SEC, como computadores, teclados profissionais, violões, impressoras braille, caixas acústicas, microfones e punção e reglete (instrumentos para escrita braille).