Amazonas

fesPIM trará relação entre sustentabilidade do PIM e conservação da floresta

fesPIM
Redação
Escrito por Redação

fesPIM – Uma oportunidade para mostrar as ações sustentáveis das empresas e fábricas instaladas na capital amazonense e a relação direta desses projetos com a conservação da floresta amazônica.

Essa é uma das vertentes da I Feira de Sustentabilidade do Polo Industrial de Manaus (fesPIM) que acontece nos próximos dias 27, 28 e 29 de novembro, no Studio 5.

Diante dessa perspectiva, é crescente o interesse das empresas geradoras de emprego e renda em Manaus, de fazer parte dessa iniciativa sustentável em defesa do PIM e ainda mostrar para a sociedade como seus modelos de negócios contribuem diretamente com esta causa.

De acordo com o presidente do Instituto de Inteligência Socioambiental Estratégica da Amazônia (Piatam), professor Alexandre Rivas, essa integração é o diferencial da fesPIM.

“A Feira é o primeiro passo de uma estratégia que procura mostrar que existe uma relação entre as indústrias do Polo de Manaus e a conservação da floresta. Essa relação nunca tinha sido trabalhada como está sendo agora, é um exemplo de parceria, vamos mostrar que quando o setor público e o privado se unem é possível haver um bom resultado”, afirmou Alexandre.

Entre as empresas patrocinadoras e expositoras a Feira vai reunir organizações de renome e tradição que atuam em diversos segmentos de mercado e contribuem para manutenção desse modelo econômico de desenvolvimento sustentável.

Uma dessas instituições é o Grupo Samel, certificado na ISO 14.001, no âmbito hospitalar, que especifica requisitos para a implementação de um sistema de gestão ambiental e práticas sustentáveis. O Grupo é o único da região Norte que possui a certificação e adota condutas como utilização de 100% de lâmpadas LED em suas unidades, a iluminação sustentável reduz a emissão de CO2, entre outras.

“Praticar uma gestão ambiental exige soluções complexas e aqui nós adotamos processos inovadores e de alta eficiência, fazendo isso, conseguimos reduzir os impactos negativos no meio ambiente. Com essas práticas reduzimos ainda o uso de recursos naturais e geramos um bem social”, explicou o diretor-presidente do Grupo, Luís Alberto Nicolau.

O Instituto Sidia, é outra empresa que vai levar para FesPIM, além de uma mostra das suas ações, uma mostra de como o comprometimento dos funcionários é a base sustentável dos seus processos. “O engajamento e comprometimento dos colaboradores é fundamental para o sucesso na área sustentável. Sem uma mudança de mindset (mentalidade) de nossa comunidade interna, seria inviável que o Instituto adotasse essa postura responsável, que visa o uso consciente das riquezas naturais que possuímos no bioma amazônico. Participar da fesPIM é uma grande satisfação”, comentou a diretora administrativa do Sidia, Vania Capela.

Eficiência Energética em destaque

A Amazonas Energia vai apresentar na fesPIM o projeto de eficiência energética para instalação de um Sistema Fotovoltaico OnGrid, em unidades consumidoras, na classe residencial, na região metropolitana de Manaus, com previsão para iniciar em 2020. ­­

O projeto consiste na instalação de um Sistema Fotovoltaico, composto de placas solares, inversores e substituição do medidor eletrônico por um medidor bidirecional e substituição de lâmpadas de alto consumo de energia elétrica, que deve proporcionar aos usuários mais qualidade, bem-estar e economia.

Na opinião do presidente da Amazonas Energia, Tarcísio Rosas, a empresa não poderia deixar de participar da I fesPIM, uma vez que o evento trata de assuntos importantes para a sociedade.

“Os valores apresentados pela fesPIM e pelas empresas participantes são semelhantes aos da Amazonas Energia, pois visam a melhoria da qualidade de vida das pessoas, gerando emprego e renda, fatores essenciais à dignidade de todo cidadão. Por esse motivo, não poderíamos ficar de fora, somos uma empresa que tem realizado ações sustentáveis com uso de tecnologia”, afirmou.

Com informações Ekco Produções