Saúde | AM

FCecon alerta para danos causados pelo tabagismo

Tabagismo cigarro
Zukka Brasil
Escrito por Zukka Brasil

No Dia Mundial sem Tabaco, comemorado neste domingo (31/05), a Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon) alerta para os danos ocasionados pelo tabagismo, que pode causar mais de dez tipos de câncer. Dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca) apontam que o Amazonas terá, em 2020, 380 novos casos da doença em estruturas como traqueia, brônquios e pulmões.

O tabagismo ainda causa câncer na bexiga, pâncreas, fígado, colo do útero, ovários, esôfago, rins, ureter, laringe, boca e cavidade oral, faringe, cavidade nasal e seios nasais, estômago, cólon e reto e leucemia mieloide aguda.

“A fumaça do tabaco contém mais de 7 mil substâncias químicas, e estudos indicam que 69 delas provocam câncer. Queremos alertar toda a população para que não fume. Com isso você estará garantido saúde para você e para seus familiares”, destaca o diretor-presidente da FCecon, mastologista Gerson Mourão.

Além dos casos de câncer, o tabagismo é fator de risco para acidentes cerebrovasculares e ataques cardíacos e para o desenvolvimento de tuberculose, infecções respiratórias, úlcera gastrintestinal, impotência sexual, infertilidade e catarata.

Tema – Em 2020, o Ministério da Saúde (MS) escolheu o tema “Tabagismo e Coronavírus (Covid-19)” para a campanha do Dia Mundial sem Tabaco, isso porque o tabagismo é considerado um fator de risco para as formas mais graves da infecção.

“A campanha do Dia Mundial sem Tabaco 2020 é uma oportunidade anual para aumentar a conscientização sobre os efeitos nocivos e mortais do uso do tabaco, da exposição ao fumo passivo, e para desencorajar o uso do tabaco em qualquer forma. No Brasil, em virtude da pandemia do novo coronavírus, abordaremos o tema tabaco e Covid-19”, afirma o coordenador do Programa de Controle do Tabagismo no Amazonas, cardiologista Aristóteles Alencar, destacando a importância de sensibilizar a população sobre os malefícios do consumo dos produtos derivados do tabaco.

Um dos alertas é para o uso de produtos que envolvam compartilhamento de bocais para inalar a fumaça, como narguilé e cigarro eletrônico, que podem facilitar a transmissão do novo coronavírus. O tabaco também causa diferentes tipos de inflamação e prejudica os mecanismos de defesa do organismo.

Data – O Dia Mundial sem Tabaco foi criado em 1987 pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para alertar sobre as doenças e mortes evitáveis relacionadas ao tabagismo. No Brasil, o Inca é o responsável pela divulgação das ações relacionadas à data.