Oportunidades | AM

Especialista em RH aborda a empregabilidade nos dias atuais

Empregabilidade
Escrito por Zukka Brasil

A educação contínua é um dos principais fatores que influenciam a empregabilidade. Segundo o administrador e especialista em RH, Vicente Esteves, a formação técnica, competências e habilidades são essenciais para se manter atrativo para o mercado de trabalho e construir uma carreira de sucesso.

“Quanto mais cursos e conhecimento técnico o profissional tiver, maiores são as chances dele se garantir no mercado, já as competências e habilidades mudam de acordo com a área que ele atua”, explica o especialista, que irá ministrar uma palestra sobre “Empregabilidade nos Dias Atuais”, nesta quarta-feira (27), às 17h, no auditório no Centro Literatus (CEL), da avenida Djalma Batista.

Vicente aponta que há profissões que exigem, por exemplo, habilidade de negociação, comunicação interpessoal ou oratória. “Além disso, há também áreas que exigem uma formação extra para atender uma nova regulamentação ou demanda do mercado, então é essencial investir em educação contínua”, frisou.

Livros, revistas, artigos, canais no Youtube e sites especializados, cursos livres em instituições de ensino e Educação a Distância (EaD) estão entre as dicas do profissional para quem busca continuar atualizado no ramo escolhido.

É também importante levar em conta o plano de carreira também. Se o profissional almeja um cargo em uma multinacional, é essencial ter influência em idiomas. “Não que uma pessoa que não tenha conhecimento em inglês ou espanhol não consiga um cargo numa companhia deste porte, mas provavelmente não conseguirá chegar a um cargo de liderança”, apontou o especialista.

Para quem não tem experiência no mercado e deseja se destacar, a dica dele é converter experiências profissionais em competências. “Se o estudante trabalhou na organização de um evento na faculdade, pode falar da sua vivência à frente do projeto, seja lidando com públicos diferentes ou negociando para a compra de materiais”, aconselha.

Já para os profissionais que estão há muito tempo desempregados, a orientação de Vicente é rever o currículo e focar nas competências, experiências e projetos em que atuou, dessa forma o recrutador vai observar a bagagem prática do candidato como diferencial.

Deixe um comentário