Destaque Educação | AM

Em São Paulo de Olivença Governo do Amazonas inaugura seu sexto Ceti em pouco mais de dois anos

São Paulo de Olivença Governo do Amazonas Ceti
Foto: Bruno Zanardo
Escrito por Zukka Brasil | AM

O governador Wilson Lima inaugurou, nesta sexta-feira (09/07), o Centro de Educação de Tempo Integral (Ceti) Calixto Ribeiro, em São Paulo de Olivença (a 985 quilômetros de Manaus). A unidade escolar é a sexta, nesse modelo, inaugurada desde 2019, quando o governador iniciou a gestão e definiu como uma das prioridades a ampliação da oferta de vagas em escolas de tempo integral no Amazonas.

Com investimento de R$ 20 milhões, o novo Ceti tem capacidade para até mil alunos e é voltado para os ensinos fundamental e médio. A unidade segue os mesmos padrões das demais que estão sendo implantadas pelo Governo do Estado, por meio do Programa de Aceleração do Desenvolvimento Educacional do Amazonas (Padeam), financiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Wilson Lima destacou que a entrega do Ceti de São Paulo de Olivença é um marco para o município, pois a obra estava parada desde 2017, e só foi retomada na atual gestão.

“Hoje eu saio daqui muito feliz, porque é o que nos realiza enquanto pessoa pública, é o que me realiza enquanto cidadão, ver essa obra que estava abandonada, em ruínas, hoje ser erguida e entregue à comunidade, entregue a esse município”, frisou.

O governador também ressaltou o padrão de qualidade do Ceti.

“O que nós estamos entregando aqui é respeito, é dignidade. Todas as escolas construídas no nosso Governo têm esse padrão e eu não aceito que seja menor que isso daqui. Todas as escolas têm que ser iguais a essa ou melhores. E eu duvido que alguém encontre uma escola particular no estado do Amazonas que tenha a mesma qualidade estrutural que tem essa escola, vocês não vão encontrar”, enfatizou.

Segundo a Secretaria de Estado de Educação e Desporto, a escola tem projeto arquitetônico baseado nas necessidades de desenvolvimento dos estudantes, tanto nos aspectos intelectual e social, quanto físico e psicológico. O Ceti foi planejado considerando questões ambientais, geográficas e climáticas, para propiciar ambientes com conceitos inclusivos, aliando as características dos espaços internos e externos com as práticas pedagógicas, culturais e sociais.

Seis Cetis – Esse é o sexto Ceti, o segundo na região do Alto Solimões, inaugurado desde que o governador Wilson Lima assumiu a gestão. Em 2019, ele inaugurou o Ceti Professor Aristélio Sabino de Oliveira, no município de Benjamin Constant. A segunda unidade entregue foi o Ceti Agostinho Ernesto de Almeida, na cidade de Lábrea.

No mesmo ano, foi inaugurado o Ceti Professora Rosária Marinho Paes, em Nova Olinda do Norte. O Ceti Maria Eva dos Santos, em Presidente Figueiredo, foi entregue à comunidade escolar em fevereiro de 2020.

Em maio de 2021, Wilson Lima fez a entrega da quinta unidade de ensino integral no interior, o Ceti Professora Maria Adelaide Marinho Hortência, no Careiro Castanho.

Estrutura – A unidade conta com 21 salas de aula, laboratórios de Ciências e de Informática, biblioteca, Espaço Google, salas para administração, consultório odontológico, sala para atendimento psicológico, enfermaria, sala de professores, sala de coordenação, pátio coberto, cozinha ampla com vários balcões em aço inox e banheiros femininos e masculinos nos três pavimentos de corredor da unidade, dentre outros espaços.

Além disso, o prédio possui uma ampla área dedicada à prática esportiva. Nela, estão dispostos: quadra poliesportiva, campo de futebol, piscina semiolímpica, vestiários e salas de dança, música, artes marciais, fanfarra e ginástica. Este ano, serão entregues ainda um Ceti em Tefé e Manaus.

Patrono – Calixto Ribeiro foi um professor de Matemática de São Paulo de Olivença, que lecionou na Escola Estadual Nossa Senhora, de onde parte dos alunos do Ceti foram transferidos. O governador ressaltou a importância de reconhecer o trabalho dos profissionais da Educação.

“Todas as vezes que alguém entrar nessa escola vai ver o nome do professor Calixto para lembrar do legado, do compromisso que ele tinha com a educação do município de São Paulo de Olivença. Ele foi um guerreiro que dedicou sua vida à educação. E são pessoas que nós temos que sempre reconhecer, que são inspiração para a gente. Essa foi uma escolha da comunidade, porque reconhece a importância que ele teve para esse município”, destacou.

Revitalizações – Ainda no município, o governador anunciou que outras três escolas serão revitalizadas. A Escola Estadual Desembargador João Rebelo Correa, na sede de São Paulo de Olivença, a EE Indígena Genésio Custódio Manuel, na comunidade Campo Alegre, e a EE Pogüta, na comunidade Indígena Vendaval. Os trabalhos iniciam neste mês.