Eleições 2020 | AM

Eleições 2020: “Prioridade é o povo, sempre!”, pré-candidato Alberto Neto ao JC

Capitão Alberto Neto | Foto: Euzivaldo Queiroz
Capitão Alberto Neto | Foto: Euzivaldo Queiroz
Zukka Brasil | AM
Escrito por Zukka Brasil | AM

Eleições 2020: “Minha prioridade é o povo. Sempre. Eu adquiri uma experiência pessoal que veio das ruas, após sentir as dores do povo. Minha aliança é com ele – O Povo “, a declaração é do pré-candidato à Prefeitura Municipal de Manaus, deputado federal Capitão Alberto Neto (Republicanos), em entrevista concedida nesta segunda (21), para o Programa “JC às 15h”, da Rádio Baré.

Segundo Capitão Alberto Neto, a saúde terá prioridade e buscará investimentos do âmbito federal, hoje, a capital do Amazonas possui apenas 36,9% de cobertura de saúde básica:

“Manaus pode ter até cinco mil agentes pagos pelo governo federal, vamos buscar ter todos esses para fazer o trabalho de prevenção e equiparemos eles com tabletes para que possam ter em mãos o prontuário dos pacientes, sabendo se esse possuí alguma doença pré-existente, saí muito mais barato investir na prevenção do que no depois com a doença consolidada”, explicou o pré-candidato.

‘Outra situação criminosa’, afirmou o Alberto Neto, ao falar sobre as empresas de ônibus de Manaus.

“Todos os dias observamos ônibus quebrados. Cada vez se reduz mais o número de linhas. É preciso rever e fiscalizar esses contratos. Não dá pra aceitar esse serviço. É criminoso. Eu, como policial, não terei medo de enfrentar isso. Em 1988, existe um vídeo da população empurrando um ônibus em um barranco para um Igarapé. E de lá para cá as coisas continuam as mesmas”, salientou ele, ressaltando que sua experiência como deputado federal lhe credencia a formular projetos para buscas de verbas.

A integração por meio de modais faz parte do seu planejamento de campanha, disse o Capitão Alberto Neto.

“Estamos fazendo um trabalho técnico para que o transporte fluvial do Centro até a Ponta Negra seja viabilizado”, falou o pré-candidato. É preciso descentralizar Manaus sem gerar gastos públicos, comentou. Para isso, propõe a criação de subprefeituras nas zonas da cidade: “Locais como as zonas Norte e Leste são vistos de costas pela prefeitura, precisamos ouvir a demanda de mais perto”.

Na área da segurança, ele defendeu o armamento da Guarda Municipal.

“Sobre segurança, como vamos ter um guarda Municipal desarmado? Eu próprio já socorri guardas municipais. Uma guarda armada, bem estruturada e treinada, que pode ajudar nas escolas e praças, para os munícipes é fundamental. Manaus é uma cidade violenta e é preciso dar estrutura para a polícia. A Prefeitura precisa fazer a sua parte, principalmente no que tange iluminação pública”, argumentou.

Com relação às creches, que é uma das principais faltas do município para com as mães Alberto Neto destacou:

“Lembro-me da minha mãe que era solteira e sofreu demais. Temos apenas 25 creches e vamos priorizar parcerias púbico-privadas para dar respostas à população”.
Assuntos como as invasões – que “precisam ser barradas para que não se crie um estado paralelo, temos que evita-las, agora as que já estão consolidadas temos que dar o aparelhamento básico” estava entre os outros vários temas tratados e comentado pelo pré- candidato.