Eleições 2020 | AM

Eleições 2020: Alberto Neto quer retirar trabalhadores da informalidade

Eleições 2020 Capitão Alberto Neto | Foto: Assessoria
Eleições 2020 Capitão Alberto Neto | Foto: Assessoria
Zukka Brasil | AM
Escrito por Zukka Brasil | AM

Eleições 2020: A exemplo do que têm visto em outras partes da cidade, o Capitão Alberto Neto e vice Orsine Jr. concluíram que somente tirando o trabalhador da informalidade a economia de Manaus voltará a crescer e gerar novos empregos e renda.

Durante a caminhada, na manha deste domingo (11), pela principal via do bairro do Manoa, zona Norte, onde a presença do comércio é intensa, os candidatos da coligação “Aliança por Manaus” ouviram as queixas dos comerciantes. A maioria reclamava da falta de apoio por parte da prefeitura.

“Além de não ajudar, a prefeitura atrapalha a vida dos comerciantes, com burocracia desnecessária e dispendiosa. Vocês sabiam que até para abrir um boteco é preciso tirar licença ambiental? São essas coisas que empurram o novo empresário para a informalidade. Vamos acabar com isso”, assegurou o Capitão Alberto Neto.

Aplaudido pelos comerciantes

Alberto Neto chegou à comunidade em carro aberto pela Avenida Francisco de Queiroz, Estrada do Manôa, sendo aplaudido por vários comerciantes e demais populares do bairro da Zona Norte. “O pequeno empreendedor vai ser valorizado” foi logo dizendo.

“Comigo a Prefeitura de Manaus vai ser parceira e não tratar comerciante como bandido, como é feito atualmente pela administração municipal. Vamos dar oportunidades para o comerciante crescer. Temos que simplificar”, acrescentou.

Para isso, o Capitão Alberto Neto pretende utilizar todos os recursos de sua formação anterior.

“Eu sou formado em Gestão Pública e sei resolver esses problemas”, disse o Capitão Alberto Neto que, junto com o seu vice-prefeito Orsine Jr., caminhou ate a feira do Aripuanã, onde conversou com os comerciantes.

“Já são 40 anos de políticos que entram e saem sem mudar nada. Chegou a hora da mudança para melhor”, arrematou Orsine Jr.

O comerciante Fabio Castro, 39, que vende açaí e também é moto-taxista, desabafou para o Capitão Alberto Neto e para Orsine Jr. Segundo ele, a “atual gestão municipal não cumpre com a palavra, disseram-me que dariam apoio nesta pandemia e todo mundo quebrou. Mas se você deixar de pagar impostos, como a taxa de seguro obrigatório, eles tomam a motocicleta”, disse Fábio.

“O transporte por aplicativo nos atrapalhou muito. E para matar a gente de vez, veio a pandemia”, concluiu

O também comerciante Evandino Paiva, 51, elogiou a visita dos candidatos ao Manoa, e ressaltou que a presença deles é importante. “É preciso que sejam verificadas as necessidades locais. Precisamos de apoio e organização”, disse.

Depois da caminhada, o Capitão Alberto Neto participou de reunião com apoiadores do candidato a vereador Júlio Cunha, onde mais uma vez lembrou da atuação heroica dos membros do SAMU, onde Júlio é lotado.

“Eles são uns heróis, assim como você também atuou com heroísmo e por isso merece estar na câmara de vereadores de Manaus”, disse o capitão.

Pevenção

Durante a caminhada e demais compromissos da agenda deste domingo, o candidato a prefeito Capitão Alberto Neto e o vice Orsine Jr, assim como todos os membros da equipe, observaram os conceitos de prevenção à Covid-19. Foram usadas máscaras de proteção e todos passaram por higienização com álcool em gel e aferição da temperatura.