Amazonas Segurança | AM

Dicas: População deve registrar BO e pedir bloqueio de aparelhos celulares roubados ou furtados

Zukka Brasil
Escrito por Zukka Brasil

Os cidadãos que tiverem seus aparelhos celulares furtados ou roubados devem registrar um boletim de ocorrência e, sobretudo, autorizar o bloqueio dos telefones pela Polícia Civil do Amazonas (PCAM) ou pelas operadoras de telefonia. No ano passado, foram bloqueados 322 aparelhos, sendo que nos meses de novembro e dezembro, não houve nenhum registro de utilização do serviço.

“Muita gente é vítima de roubo ou furto e não vai até a delegacia pedir o bloqueio dos celulares, impossibilitando a Polícia de recuperar os aparelhos e elucidar os crimes”, disse o delegado Geraldo Eloi.

De acordo com o titular da Delegacia Interativa do Amazonas, Gesson Aguiar, o cidadão vítima de roubo e furto deve comunicar o fato à Polícia para que os casos sejam investigados, além de solicitar o bloqueio dos telefones para que estes não sejam utilizados em novos crimes.

“Se o cidadão teve seu aparelho roubado ou furtado ele deve procurar a delegacia ou até mesmo a página da Delegacia Interativa para registrar a ocorrência para sabermos que esse aparelho foi roubado ou furtado, além de autorizar o bloqueio do aparelho para que ele fique inutilizado”, explicou Aguiar.

Bloqueio – Dados da Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência (Seai), da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), apontam que do total de aparelhos roubados ou furtados nos dois últimos anos, em menos de 1% foi autorizado o bloqueio.

“Já se criou o senso comum de que se o aparelho for bloqueado a Polícia não conseguirá recuperar o bem. Mas o bloqueio é importante para que o aparelho fique inutilizado até porque quem for pego utilizando o bem roubado ou furtado responde a um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e será responsabilizado”, disse o delegado Gesson Aguiar.

Para solicitar o bloqueio, a vítima deve acessar o site da Delegacia Interativa, registrar o boletim de ocorrência, informar o IMEI do aparelho com os dados do proprietário e autorizar, no próprio boletim, o bloqueio do aparelho celular.

Investigação – Por determinação da SSP-AM, a Delegacia Geral determinou que sejam feitas investigações rigorosas sobre roubos e furtos de celulares na capital amazonense. “Fizemos determinações à Delegacia de Roubos, Furtos e Defraudações e as respostas já estão sendo dadas, com a prisão de membros de quadrilhas especializadas em roubos de celulares”, afirmou o delegado-geral adjunto, Orlando Amaral.

Em janeiro, a PC cumpriu mandados de prisão temporária por roubo majorado em nome de Jefferson Duarte da Silva, de 20 anos, e Pedro Henrique Marinho dos Santos, de 19. A dupla é suspeita de envolvimento em roubos a estabelecimentos comerciais de onde foram subtraídos, pelo menos, 126 aparelhos celulares.

Conforme o delegado-geral adjunto, a prisão deles deve levar aos outros integrantes da organização criminosa especializada neste tipo de crime. Segundo informações da DERFD, a quadrilha age sempre da mesma maneira, hostilizando funcionários e clientes dos estabelecimentos comerciais.

Além das investigações, o secretário da SSP-AM, coronel Louismar Bonates, determinou a atuação integrada das forças de segurança para combater os diferentes crimes na capital amazonense. Diariamente, a Polícia Militar (PM) tem efetuado a prisão de suspeitos de crime e recuperado aparelhos celulares.

Há algumas semanas, militares da 9ª e 14ª Companhias Interativas Comunitárias (Cicom) detiveram um casal que, de acordo com testemunhas, estavam realizando roubos a passageiros que estavam em paradas de ônibus na Avenida Autaz Mirim, zona leste de Manaus. Na ação, os policiais apreenderam a moto usada no crime, uma CB 300 amarela, e recuperam dois celulares, uma bolsa com documentos e um relógio.