Destaque Roraima

Denarium discute sobre investimentos com superintendentes da Caixa

Antonio Denarium
Além do governador Antonio Denarium e representantes da Caixa, a videoconferência também contou com a articulação do chefe da Casa Civil, Francisco Sampaio | Foto: Fernando Oliveira
Zukka Brasil | RR
Escrito por Zukka Brasil | RR

Roraima – Mesmo diante da pandemia do Coronavírus (COVID-19), o governador Antonio Denarium segue trabalhando para dar continuidade às ações de sua gestão.

Na manhã desta quarta-feira, 10, ele participou de uma videoconferência para tratar sobre os convênios firmados com a CEF (Caixa Econômica Federal) referentes às obras de infraestrutura, que estão em execução, e o projeto de habitação, que passa por análise.

A reunião virtual contou com a participação do superintendente regional da CEF, Paulo Gorayeb; da superintendente executiva de habitação, Maria das Graças Araújo; do gerente de Filial de Governo, Marcelo Jung; e do gerente de Filial de Habitação, Joyce de Oliveira.

Denarium ressaltou que os acordos fechados entre o Governo e a Caixa têm possibilitado um crescimento exponencial das obras de infraestrutura do Estado.

“Esse apoio é fundamental, pois, assim, conseguimos atender as demandas de obras que precisam ser feitas e esse encontro virtual permite uma avaliação precisa dos investimentos”, afirmou.

Também participaram da videoconferência o chefe da Casa Civil, Francisco Sampaio; o secretário de Infraestrutura, Edilson Damião; adjunto da Seed (Secretaria de Educação), Aerton Dias; e o presidente da Codesaima (Companhia de Desenvolvimento de Roraima), Anastase Papoortzis.

O chefe da Casa Civil avaliou como positiva a reunião e ressaltou o interesse do Governo em ampliar as suas ações em prol do desenvolvimento de Roraima.

“Sabemos da necessidade da ampliação das obras estruturantes, que possam atrair mais investimentos ao Estado, proporcionando mais qualidade de vida à população”, disse Francisco Sampaio.

Projeto habitacional

Papoortzis aproveitou a oportunidade para apresentar o projeto habitacional do Governo do Estado à Superintendência da CEF. Segundo ele, a proposta passará por avaliação para que seja liberado recurso, que será investido na construção das moradias.

“A Codesaima, juntamente com o Governo do Estado, apresentou à Caixa o projeto de construção de mil casas para o próximo ano. Agora, o documento será analisado pelos técnicos da agência, para então conseguirmos o recurso necessário para o início das obras”, explicou.

Ainda de acordo com o presidente da Codesaima, a Caixa dispõe de recursos para viabilizar o financiamento de habitações. Ele explicou com detalhes de que forma poderão ser feitos os financiamentos, assim quando o projeto for aprovado.

“No caso dos imóveis da faixa 1 seriam 500 subsidiadas integralmente pelo Estado de Roraima. Nas faixas 1,5 e 2, teriam 20% de subsídio e o restante, financiado pela Caixa. Os imóveis da faixa 1,5 e 2 também seriam um total de 500 habitações”, informou.

Com informações de Rodrigo Santana