Roraima

Defesa Civil e Femarh anunciam processo seletivo para contratação de brigadistas

Processo seletivo para brigadistas. Foto: Ascom/CBMRR
Zukka Brasil | RR
Escrito por Zukka Brasil | RR

O trabalho de prevenção e combate a incêndio florestal ganhará um reforço substancial nos próximos dias em Roraima. O Governo do Estado, por meio da Femarh (Fundação Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos) e da CEPDC (Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil) realizará processo seletivo para contratação de brigadistas.

A remuneração dos brigadistas contratados será de um salário mínimo, deduzidos os descontos previstos em lei. Serão disponibilizadas até 20 vagas por município, conforme a necessidade de emprego de brigada de incêndio. As inscrições são gratuitas e poderão ser realizadas entre os dias 21 e 23 de setembro, nos municípios de São Luiz, Caracaraí, Mucajaí e Pacaraima.

Posteriormente, dos dias 24 a 26, as inscrições vão ocorrer nos municípios de São João da Baliza, Iracema, Bonfim e Alto Alegre e, fechando o processo de seleção, entre os dias 28 e 30 de Setembro, as inscrições serão feitas em Caroebe, Rorainópolis, Normandia e Boa Vista.

Os candidatos deverão comparecer aos postos de inscrição com cópias de documentos pessoais e vias originais conforme previsto no edital. Após a efetivação da inscrição, os candidatos selecionados farão um teste de aptidão física.

O contrato poderá se estender por até um ano, assim como também poderá não ser efetivado, dependendo das necessidades e conveniência da administração pública.

O secretário executivo da Defesa Civil, coronel Cleudiomar Ferreira, destacou a importância da contratação dos profissionais, como forma de ampliar o atendimento de ocorrências de incêndio no interior, prevenindo a generalização de incêndios no Estado.

“Todos os anos nos preparamos com antecedência, prevendo a necessidade do emprego dessas pessoas. Geralmente são moradores dos próprios municípios, que conhecem muito bem a região e atuam prontamente quando há necessidade”, declarou.