Destaque Manaus

David/Rotta entregam à Manaus o remodelado Passeio do Mindu no próximo dia 1º de julho

Prefeitura de Manaus Passeio do Mindu Marcos Rotta SEMINF
Fotos – Osmar Neto / Seminf
Escrito por Zukka Brasil | AM

A revitalização total do Passeio do Mindu, no Parque 10, zona Centro-Sul da capital, realizada em uma parceria inédita entre a Prefeitura de Manaus e o Governo do Amazonas, segue em ritmo acelerado. A previsão, de acordo com o vice-prefeito e secretário municipal de Infraestrutura, Marcos Rotta, que esteve no local nesta quarta-feira, 9/6, é de que o espaço seja entregue pelo prefeito David Almeida no próximo dia 1º de julho.

No local, 60 homens do sistema penitenciário atuam em diversas frentes por meio do programa ‘‘Trabalhando a Liberdade”. A partir de agora, os servidores da Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp) também participarão da operação, realizando serviços de jardinagem e pintura, para finalizar a ação.

Marcos Rotta fez questão de falar dos ganhos para a gestão do prefeito David Almeida com a parceria realizada entre a Seminf e a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap).

“Entramos na reta final deste projeto piloto da parceria. Já é visível a mudança que o trabalho realizado fez no Passeio do Mindu. Este é um grande projeto, não só pelo alcance, mas, acima de tudo, pela qualificação desses homens. São pessoas aptas a exercer as mais diversas funções”, disse Rotta.

No espaço público, muito utilizado para a prática esportiva e lazer, a Seminf já aplicou 60 toneladas de asfalto na ciclovia. Além disso, os internos dos regimes fechado e provisório fazem serviços de roçagem, concretagem e revitalização de calçadas e meio-fio, pinturas de quiosques, bancos e gradis, revitalização da pista de caminhada, dos parquinhos e das quadras esportivas, além de troca dos pontos de iluminação e manutenção das pontes.

Rotta destacou, ainda, a economia que a parceria vai gerar para os cofres públicos municipais, uma vez que o déficit orçamentário deste ano nos cofres da prefeitura é de, aproximadamente, R$ 1,4 bilhão. Todo o serviço é monitorado pela guarda armada terceirizada do sistema prisional do Estado, além da Seap e agentes da Guarda Municipal.