Destaque Manaus

David lidera articulação frente à FPN para compra de vacinas contra a Covid-19. PL chega à CMM está semana.

Reunião FNP | Foto: reprodução
Reunião FNP | Foto: reprodução
Zukka Brasil | AM
Escrito por Zukka Brasil | AM

Fazendo valer de sua posição de destaque na Frente Nacional de Prefeitos (FNP) que o colocou como um dos lideres de prefeitos em todo o Brasil, David Almeida acaba de informar em reunião virtual de emergência com a Comissão de Frente do FPN, que dará celeridade já na próxima semana, junto à Câmara Municipal de Manaus (CMM), sobre uma (PL) que autorize a compra de vacinas contra a Covid-19 diretamente de fornecedores.

Tal medida capitaneada pelo Prefeito David Almeida e demais representantes, garantirá uma maior força de negociação com os fornecedores, possibilitando a compra das doses por um preço abaixo do que seria negociado, caso houvesse uma corrida individual dos municípios pelo imunizante.

“Estou de acordo com a criação do consórcio e acredito que os prefeitos podem trabalhar integrados para que possamos rapidamente iniciar essas negociações. Essa é uma necessidade que nos temos devido ao momento difícil que enfrentamos em todo Brasil. Já temos algumas ações avançadas e vamos compartilhar isso com todos os prefeitos”, informou Almeida.

Segundo resultados de tal reunião, ficou definido que não há interesse de competição com o Ministério da Saúde e governos estaduais. O objetivo é agregar esforços.

Nesta segunda, 1º/3, o prefeito de Manaus vai participar de uma nova reunião com os mais de 100 membros da FNP para assinar o termo de compromisso que garante a participação do município no consórcio.

A expectativa é de que na próxima sexta-feira, 5/3, uma minuta seja distribuída para os prefeitos que encaminharão o projeto à Câmara Municipal.

Lembrando que a cúpula da FPN estará na próxima quarta-feira, 3/3, em visita à fábrica da empresa Neoquímica, em São Paulo, para conhecer como será realizado o processo de fabricação da vacina Sputnik V, desenvolvimento pelo Fundo Soberano da Rússia.

A primeira assembleia com os prefeitos associados no consórcio acontecerá entre os dias 5 e 10 de abril. Além de vacinas, o consórcio também vai ser desenvolvido para realizar a compra de equipamentos, medicamentos e insumos.