TV e Famosos

Danilo Gentili é condenado a prisão e pede socorro para Sérgio Moro: “Me ajuda”

Zukka Brasil
Escrito por Zukka Brasil

Danilo Gentili do SBT surpreendeu muita gente ao ser condenado a prisão depois ter cometido suposto crime de injúria contra a deputada Maria do Rosário. 

Uma notícia envolvendo o apresentador Danilo Gentili do The Noite do SBT caiu como uma bomba. Isso porque, o apresentador recebeu a condenação da 5ª Vara Federal Criminal de São Paulo para cumprir detenção de 6 meses e 28 dias, em regime inicial semiaberto, pelo crime de injúria praticado contra a deputada federal Maria do Rosário Nunes (PT-RS). Gentili poderá recorrer da sentença em liberdade.

“Não me levem cigarros, me levem charutos”, ironizou ele em post publicado no Twitter. “Pô, Sérgio Moro, me ajuda aí, irmão. Fico devendo uma”, escreveu em outra mensagem enviada diretamente ao ministro da Justiça, Sérgio Moro.

E as brincadeiras em relação a condenação de Danilo Gentili não pararam por aí: “Quem aí vai me visitar na cadeia? Se não me visitar estará demitido.”

Para quem não se lembra, em 2016, Danilo Gentili postou algumas mensagens em suas rede sociais que geraram muito barulho. Nelas, o apresentador do The Noite do SBT, chamava a deputada de “falsa”, “nojenta” e “cínica”. A deputada então resolveu processar o apresentador. Já em maio daquele ano, Gentili recebeu a notificação do processo e em uma atitude que gerou muitos comentários, o apresentador resolveu esfregas nas partes íntimas a notificação. A defesa alegou que o humorista não teve a intenção de atacar Maria do Rosário, mas a juíza Maria Isabel do Prado não reconheceu o argumento.

A sentença afirma que existe direito de expressão, mas que neste caso ele passou dos limites com a falta de ética: “Verifico que o humorista e apresentador dolosamente injuriou através da internet a deputada federal, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro, atribuindo-lhe a alcunha de ‘puta’”, escreveu a magistrada na sentença.