ESPECIAL PUBLICITÁRIO

Corrente do bem: saiba quantas vezes por ano uma pessoa pode doar sangue

Hemoam Dia do Doador Voluntário de Sangue Hapvida
Foto: Divulgação
Escrito por Zukka Brasil | AM

Doar sangue é considerado um dos atos de solidariedade mais genuíno. Através dele, milhares de vidas são salvas. A doação de sangue é um processo pelo qual um doador voluntário tem seu sangue coletado para armazenamento em um banco de sangue ou hemocentro para uso subsequente em transfusões de sangue.

O sangue é um composto de células que cumprem funções como levar oxigênio a cada parte do nosso corpo, defender nosso organismo contra infecções e participar na coagulação. Não existe nada que substitua o sangue.

O Dia do Doador Voluntário de Sangue é comemorado anualmente em 25 de novembro no Brasil. Neste dia, os bancos de sangue de todo o país realizam atividades lúdicas e mutirões de coleta em escolas, hospitais, shoppings, praças e demais espaços de acesso público.

A hematologista do Sistema Hapvida, Hatsumi Iwamoto, fala da importância de doar sangue.

“A doação de sangue é um gesto altruísta, voluntário e anônimo. O doador não deve receber remuneração ou benefícios, conforme o artigo 30, da Portaria 2.712, de 12/11/2013. Não há comprovação de benefícios para o organismo do doador. O que podemos afirmar, com certeza, é que ela não traz nenhum risco à saúde, quando seguimos os critérios de quem pode doar com segurança. Mas é sempre importante lembrar que a doação de sangue salva-vidas, e esse é o principal motivo para este ato de amor”.

A médica ainda esclarece algumas dúvidas sobre o assunto, por exemplo, quantas vezes a pessoa pode doar sangue no ano. “A frequência máxima de doação de sangue varia conforme o sexo. Homens podem doar sangue até 4 vezes por ano, com intervalo mínimo de 02 meses entre cada doação. Mulheres podem fazer no máximo 3 doações anuais, com intervalo mínimo de 03 meses entre cada uma delas”, explica.

Quem está apto a doar sangue:

  • Conforme a Organização Mundial da Saúde (OMS), para doar sangue é necessário seguir as seguintes regras:
  • Ter entre 16 e 69 anos;
  • Ter, no mínimo, 50 quilos;
  • Estar saudável;
  • Estar bem alimentado e descansado;
  • Após o parto, as mulheres devem esperar para doar sangue – entre 90 dias (parto normal) e 180 dias (cesariana);
  • Após uma doação de sangue as mulheres devem esperar 90 dias para voltar a doar, enquanto os homens devem esperar 60;
  • Quem doa sangue tem direito a um dia de folga, em cada 12 meses;

Saiba mais:

A quantidade de sangue retirada não afeta a saúde do doador porque a recuperação ocorre imediatamente após a doação. Uma pessoa adulta tem, em média, cinco litros de sangue e em uma doação são coletados no máximo 450ml de sangue. É pouco para quem está doando e muito para quem precisa. Para doar, é preciso passar por uma entrevista que tem o objetivo de dar maior segurança a você e aos pacientes que receberão o seu sangue.

Todo sangue doado é separado em diferentes componentes (hemácias, plaquetas e plasma) e, assim, pode beneficiar mais de um paciente com apenas uma unidade coletada. Os componentes são distribuídos para os hospitais para atender aos casos de emergência e os pacientes internados.