Roraima Saúde | RR

Companhia Energética de Roraima faz testes em massa em seus funcionários

Testagem para detecção do Covid-19 - CERR - Foto: Neto Figueiredo
Zukka Brasil | RR
Escrito por Zukka Brasil | RR

Cerca de 290 funcionários da Cerr (Companhia Energética de Roraima) participaram, na manhã desta terça-feira, 8, da testagem em massa para a COVID-19, realizada pelo Governo do Estado, por meio da Sesau (Secretaria de Saúde). A ação faz parte das estratégias do Governo para o monitoramento da doença no Estado.

“Como sempre gostamos de enfatizar, o trabalho da Cerr é e sempre será voltado para a garantia do bem-estar do colaborador, principalmente em um momento como o que estamos passando. É também a reafirmação de uma bandeira firmada desde o início da gestão do governador Antonio Denarium e que nós estamos cumprindo com muito louvor“, destacou a presidente da Cerr, Cecília Lorezom.

Conforme a diretora da CGVS (Coordenadoria Geral de Vigilância em Saúde) da Sesau, Valdirene Oliveira, a realização da testagem em massa foi idealizada com o intuito de ajudar os gestores de saúde dos municípios a melhorar as estratégias de combate à COVID-19, a fim de traçar o perfil epidemiológico da doença no Estado.

“No final dos trabalhos desta testagem em massa, nós vamos ter um perfil epidemiológico desse período com o número de profissionais ou de pessoas que já desenvolveram a COVID-19, que não tiveram contato com a doença ou que estão com o vírus ativo, ajudando a fazer o isolamento no tempo oportuno”, salientou.

Além da Cerr, a testagem desta terça-feira também foi realizada em profissionais da Rádio Roraima e Polícia Civil. Gerente de projetos da empresa há 11 anos, Humberto Sganzerla, 61 anos, considera que ações como essa são de extrema importância, pois mostram o comprometimento do Governo na proteção da população do Estado, em especial com as pessoas consideradas de alto risco para a doença.

“É uma oportunidade onde as pessoas podem ver se estão ou se já pegaram a doença. Com isso, o Governo mostra que está preservando não só a saúde do funcionário público, mas também garantindo o bem-estar do povo de Roraima”, completou.

Colaboração da Assessoria