Destaque Saúde | AM

Começa hoje (06/4) a vacinação para pessoas de 45 a 49 anos com comorbidades

Vacinação | Foto: Divulgação/FVS
Vacinação | Foto: Divulgação/FVS
Zukka Brasil | AM
Escrito por Zukka Brasil | AM

A Prefeitura de Manaus começa a vacinar, hoje, 6/4, pessoas de 45 a 49 anos com cardiopatia, diabetes mellitus ou obesidade grave (IMC igual ou maior que 40).

A nova faixa etária amplia a vacinação contra a Covid-19 do grupo prioritário das comorbidades, que teve início na semana passada, contemplando inicialmente os que têm de 55 a 59 anos e, desde o último sábado, 3, os de 50 a 54 anos.

“Manaus é a capital que mais avança na imunização dos diferentes grupos contra a Covid-19, superando as metas de cobertura de 90% de cada grupo e acelerando etapas da campanha com responsabilidade e de acordo com a maior vulnerabilidade da população”, comemora o prefeito David Almeida, ressaltando que o município responde por 53% do total de doses de vacina aplicadas até o momento no Amazonas. “Já aplicamos mais de 300 mil doses desde o início da campanha, em janeiro”, destaca.

A secretária municipal de Saúde interina, Aline Rosa Martins, informa que os que atenderem aos critérios de idade e doença preexistente e que estejam registrados no Imuniza Manaus (https://imuniza.manaus.am.gov.br), devem acessar a janela “Consultar 1ª Dose” e ir ao posto de vacinação no dia e hora informados pelo sistema.

“Aqueles que ainda não têm cadastro, podem registrar seus dados no mesmo link, na opção ‘Comorbidades’ e aguardar o agendamento automático ou procurar de imediato o posto mais próximo com os documentos obrigatórios”, orienta.

O atendimento continua a ser feito nos sete pontos de vacinação, que funcionam com pontos fixos e drive-thru, em todas as zonas geográficas da cidade, das 9h às 16h.

Para receber a vacina, além do documento de identificação original com foto e o CPF, o usuário precisa apresentar laudo médico que comprove uma das três doenças contempladas na etapa atual da campanha. Os diabéticos que não têm laudo podem apresentar a receita médica em papel timbrado oficial do Serviço Único de Saúde (SUS) ou da rede privada de saúde. No caso de obesidade grave (IMC igual ou maior que 40), o usuário pode comprovar essa condição por meio de declaração emitida por médico ou por qualquer profissional de saúde de nível superior (enfermeiro, nutricionista, educador físico, farmacêutico ou outro).

A secretária interina destaca que apenas os portadores dessas três doenças estão sendo agendados pelo Imuniza Manaus e que a vacina só pode ser aplicada se o usuário apresentar os documentos exigidos.

“Alguns têm informado ser portadores de uma doença no sistema e apresentado laudo de outra no posto, o que inviabiliza a vacinação. Quem não está na ordem das prioridades, precisa aguardar a sua vez”, observa.

A campanha municipal de vacinação contra a Covid-19 segue com o atendimento dos remanescentes de todos os grupos anteriores. Ainda podem ser vacinados com a primeira dose os idosos de 60 anos ou mais e as pessoas de 50 a 59 anos com diabetes, obesidade e cardiopatias. Os trabalhadores de saúde estão recebendo exclusivamente a segunda dose e nesta segunda-feira,5, a Semsa também deu início à vacinação da segunda dose dos idosos que receberam CoronaVac.