Amazonas

Com agenda de investigação definida CPI dos combustíveis tem ínicio

cpi combustíveis
Zukka Brasil
Escrito por Zukka Brasil

Com a finalidade de apurar irregularidades na distribuição, comercialização e na qualidade dos combustíveis no Estado do Amazonas, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), de autoria do deputado estadual Álvaro Campelo (PP), realizou na tarde desta sexta-feira (5), no Auditório Beth Azize da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), a primeira reunião com membros e suplentes, para a definição de agenda dos trabalhos de investigação.

De acordo com o autor da proposta, deputado estadual Álvaro Campelo (PP), o objetivo principal da iniciativa é investigar a formação de cartel entre donos de postos de combustíveis na cidade de Manaus, que supostamente combinam preços e reajustes no litro da gasolina. “O alinhamento de preço sem duvidas é um forte indicio que caracteriza a existência de um cartel, mas não é o único. Precisamos ir ao interior do estado para nos subsidiar de outras informações necessárias para que possamos levar a investigação mais afundo e, assim darmos uma resposta rápida e efetiva aos consumidores do Estado do Amazonas,” disse Campelo.

O parlamentar Progressista ressalta ainda, que em nenhum momento a intenção é prejudicar os empresários do segmento, mas buscar esclarecer os fatos a população amazonense. “Sabemos da importância da geração de emprego que o setor proporciona ao Estado, no entanto, existe por parte de alguns donos de postos que prejudica de forma direta o consumidor. Caso isso seja constatado, essas pessoas que tem a intenção em obter lucros prejudicando o consumidor, certamente serão punidos,” garante o autor da investigação.

A primeira reunião da CPI dos Combustíveis, composta pelo autor da proposta Álvaro Campelo (PP), Abdala Fraxe (Podemos), Fausto Junior (PV), Alessandra Campêlo (MDB) e a deputada estadual Joana Darc (PR), presidente da Comissão, contou com a participação de autoridades e entidades que ajudarão de forma direta nas investigações como o diretor-presidente do Programa Estadual de Proteção e Orientação do Consumidor (PROCON/AM), Jalil Fraxe, o titular da Delegacia Especializada em Crimes contra o Consumidor (Decon), Eduardo Paixão, e o representante da Agência Nacional de Petróleo (ANP), Vladmir Costa. Além da participação dos deputados estaduais Serafim Corrêa (PSB), Dermilson Chagas (PP) e Felipe Souza (PHS) que assinaram o requerimento de instalação da CPI.

 

Foto: Augusto Ferreira