Destaque Política

COINCIDÊNCIA ?? CPI da Covid recebe hoje gerente da Pfizer para depor 2 dias após Queiroga informar compra de 100 milhões de doses da farmacêutica

Vacina Pfizer | Foto: Foto: internet
Vacina Pfizer | Foto: Foto: internet
Escrito por Zukka Brasil

Coincidência ou não, exatos 2 dias após o ministro da Saúde Marcelo Queiroga informar que o Governo Federal comprou 100 milhões de doses de vacinas da Pfizer, com previsão e chegada para setembro, o presidente da CPI da Covid, senador Omar Aziz (PSD-AM) ouvirá nesta quinta-feira (13), sexto dia de depoimentos, o gerente-geral da farmacêutica Pfizer na América Latina, Carlos Murillo.

A compra foi viabilizada após a edição de uma medida provisória (MP) que abre crédito extraordinário total de R$ 5,5 bilhões, anunciada dia (10).

“Essas vacinas serão entregues ainda neste ano. Mais de 30 milhões no mês de setembro e as demais, até dezembro. Então, temos vacinas, de reconhecida eficácia, comprovadas pelas agências sanitárias mais rigorosas do mundo e vamos vacinar todos os brasileiros”, acrescentou Queiroga.

Entre outros pontos, os senadores aguardam explicações sobre as negociações para venda de vacinas contra Covid-19 ao Brasil.

Carlos Murillo falará na condição de testemunha, na qual se compromete a dizer a verdade, sob o risco de incorrer no crime de falso testemunho.

A Comissão Parlamentar de Inquérito do Senado apura ações e omissões do governo federal no enfrentamento da pandemia de Covid, bem como eventual desvio de verbas federais enviadas a estados e municípios.

Até agora, já prestaram depoimento os ex-ministros da Saúde Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich; o atual ministro da pasta, Marcelo Queiroga; o presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antonio Barra Torres; e Fabio Wajngarten, ex-secretário de Comunicação da Presidência da República.