Destaque Segurança | AM

CIF interdita 19 balsas no Amazonas que promoviam festas e aglomerações neste ano

Escrito por Zukka Brasil | AM

Pelo menos 19 embarcações foram embargadas no estado do Amazonas só este ano por descumprimento de medidas de segurança, incluindo as de prevenção contra a covid-19.

De acordo com a Central Integrada de Fiscalização (CIF) já foram realizadas 252 abordagens a embarcações desde o começo do ano. Nesse período, 44 irregularidades foram identificadas pelas autoridades, e das 19 embarcações embargadas, 11 transportam mais passageiros que o permitido e não mantinham os cuidados básicos como distanciamento, uso de álcool em gel e máscaras.

A última foi registrada no domingo, 18, quando a CIF interditou a balsa Anna Karoline II, antes que um passeio com mais de 800 pessoas fosse iniciado, partindo da capital Manaus.

O barco tem capacidade para 910 passageiros, mas como as medidas restritivas que estão em vigor no estado permitem até 50% da capacidade, somente 455 pessoas poderiam embarcar.

“Era visível que havia excedido o limite. Tinha, certamente, mais de quinhentas pessoas embarcadas, além de outras trezentas pessoas, aproximadamente, aguardando e causando aglomeração”, explicou João Rufino, diretor-presidente da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados e Contratados do Estado do Amazonas (Arsepam).

Em imagens divulgadas pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas, é possível ver muitas pessoas sem máscara e agrupadas, dentro e fora do barco.

“Nós percebemos que, nas últimas duas semanas, houve um aumento da demanda por esses passeios”, conta. “No Amazonas, as pessoas não estão entendendo que a flexibilização é gradativa. Que algumas coisas estão sendo permitidas, mas não está tudo liberado. Há essa falta de consciência também, que acaba gerando esse tipo de situação. Se não houvesse demanda por isso, certamente não haveria esse espaço”, completa Rufino.

Fonte: Época.